Blog de Walter Santos analisa acordo do PT com Lígia e expõe causas e efeitos - WSCOM

menu

Política

21/06/2018


Blog de Walter Santos analisa acordo do PT com Lígia e expõe causas e efeitos

Segundo Walter, o acordo é visto pelo governador Ricardo Coutinho como traição

Foto: autor desconhecido.

O jornalista e analista político, Walter Santos, nesta quinta-feira (21) em seu blog analisou a aliança entre o Partido dos Trabalhadores e a vice-governadora, Lígia Feliciano, para o pleito eleitoral deste ano.

Segundo Walter, o acordo é visto pelo governador Ricardo Coutinho como traição. ” A cada dia que passa, mais o governador exalta a convicção de que Lígia Feliciano estava acertada com seus opositores e nunca esteve alinhada ao seu projeto como pregava e ainda hoje diz. Em síntese, os dois consolidam a esperteza, má companheira de uma trama somente afeita aos que fazem politica na contramão”, afirmou Walter.

Confira na íntegra:

A iniciativa de Lígia chamar o PT, o livre direito dos Petistas selaram acordo e o significado da traição

O mundo quase veio abaixo com a iniciativa inteligente da vice-governadora Lígia Feliciano de chamar o PT para um acordo em 2018. Ato continuo, o presidente Jackson Macedo retruca aceitando o convite e a dados de hoje este é o real cenário da cena politica com reações mil.

Embora haja desaforos, irritações e comemorações, todo este contexto precisa ser examinado pelo filtro da politica buscando sua compreensão, causas e efeitos.

O ATO DE LÍGIA

Ora, se Lígia vai para cima do PT, ela exerce a esperteza politica já sabendo da difícil relação nacional dos petistas com o PDT e construindo afronta diante do aceno de Ciro Gomes ao ir à casa do governador Ricardo Coutinho pedir seu apoio. Mas faz parte do jogo.

Tem mais: se o PT paraibano admite o acordo sabendo de toda a História singular de RC com o próprio PT, Lula e Dilma – mesmo assim ignora este legado, lá na Torre os meninos metidos a filósofos logo diriam: estão brincando com fogo praticando despudor politico ou traição mesmo.

O JOGO DA TRAIÇÃO

Os dois fatos convergem para o temido tom de traição que Lígia e o PT parecem querer praticar, mesmo dentro da normalidade do debate politico, pelo viés pior dessa mesma politica porque terminam celebrando o jogo menor da puxada de tapete.

REAÇÕES EM CURSO

De São Paulo e Brasilia, onde o PT concentra as decisões, a reação é ruim com reprovação da cúpula pelo legado de Ricardo Coutinho na defesa de Dilma e Lula, como nenhum outro governador fora do PT fez.

Lula vai se pronunciar.

TROCANDO EM MIÚDOS

A cada dia que passa, mais o governador exalta a convicção de que Lígia Feliciano estava acertada com seus opositores e nunca esteve alinhada ao seu projeto como pregava e ainda hoje diz.

Em síntese, os dois consolidam a esperteza, má companheira de uma trama somente afeita aos que fazem politica na contramão.

Voltaremos ao assunto.