Benjamin diz ter apoio de senadores e se mantém coordenando Bancada Federal - WSCOM

menu

Política

26/04/2017


Benjamin diz que continua coordenador

BANCADA FEDERAL

Foto: autor desconhecido.

O deputado federal Benjamin Maranhão (SDD) divulgou carta aberta ao povo da Paraíba, nesta quarta-feira (26), na qual diz que tem apoio dos senadores paraibanos e continua no comando da Bancada Federal da Paraíba em Brasília (DF).

Hoje, o Portal WSCOM antecipou documento no qual o deputado Wilson Filho (PTB) tem apoio de oito deputados federais e um senador para coordenar o grupo.

Na carta, Benjamin também acusa o governador Ricardo Coutinho (PSB) de tentar interferir no processo de escolha do coordenador. 

"Só tenho a lamentar a postura adotada pelo deputado Wilson Filho, que vem se submetendo aos caprichos do chefe do Executivo e agindo de forma desleal. Sinto-me na obrigação de revelar que alguns deputados que me apoiavam retiraram a assinatura por pedido pessoal do governador", diz o parlamentar na Carta.

Confira abaixo a carta de Benjamin

Carta aberta ao povo da Paraíba

Em 2016, assumi a coordenação da bancada federal paraibana, com o objetivo de defender bravamente os interesses dos paraibanos. Esforcei-me para cumprir tamanha responsabilidade. Debatemos temas de interesse do nosso Estado, lutamos por recursos e realizamos um árduo trabalho dentro da Comissão de Orçamento para garantir recursos para obras importantes, a exemplo da ampliação da BR-230, ligando Cabedelo a Oitizeiro, o ramal da Transnordestina e a dragagem e aprofundamento do Porto de Cabedelo.

Muito me orgulha o fato de termos, pela primeira vez, reunido gestores para discutir de forma democrática a destinação das emendas de bancada. Decidimos que as duas emendas coletivas no valor de R$ 224,7 milhões iriam para as obras do Canal de Bodocongó, em Campina Grande, e para intervenções de mobilidade urbana em João Pessoa.

Já as três emendas de remanejamento seriam direcionadas para equipar o Hospital Metropolitano em Santa Rita, construção de um reservatório de água em Araçagi e para dar continuidade à obra da terceira faixa da BR-230, entre Cabedelo e Oitizeiro, na região Metropolitana da Capital. Optamos por obras que beneficiavam maior número de pessoas e definimos tudo através de votação, sem imposição alguma.

Nos últimos dias, me deparei com uma guerra em torno da coordenação da bancada e da clara tentativa de interferência do governador Ricardo Coutinho nesse processo. Só tenho a lamentar a postura adotada pelo deputado Wilson Filho, que vem se submetendo aos caprichos do chefe do Executivo e agindo de forma desleal. Sinto-me na obrigação de revelar que alguns deputados que me apoiavam retiraram a assinatura por pedido pessoal do governador.

Acho temerária essa tentativa clara de intervenção do executivo estadual no legislativo federal. A intenção do governador é tão somente que as emendas de bancada não sejam destinadas para Campina Grande e João Pessoa, pois estas cidades são comandadas por adversários políticos. O povo não tem culpa e não pode ser penalizado por este tipo de postura miúda e mesquinha.

Por fim, reitero que não fui destituído, pois tenho maioria dos senadores, mas não me interessa essa disputa que só prejudica o povo paraibano e compromete a independência da bancada federal. Saibam que vamos lutar para que os municípios que não sejam alinhados com o governador acabem prejudicados. Não permitiremos que decisões que já foram tomadas, como a destinação de emendas, sejam revistas para atender caprichos do gestor estadual. Quero reafirmar ao povo paraibano que continuarei lutando e defendendo os seus interesses sem cores partidárias e sem me render a pressões políticas.

Benjamin Maranhão
Deputado Federal

Notícias relacionadas