Beira-Mar é transferido para Florianópolis em operação sigilosa - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

08/10/2005


Beira-Mar é transferido para Florianópol

O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi transferido, na tarde da sexta-feira de Brasília para a sede da Polícia Federal em Florianópolis, informou a PF neste sábado.

De acordo com um assessor da polícia, o traficante foi levado para Santa Catarina por motivos de segurança — daí a ação não ter sido divulgada antes –, mas ele negou que houvesse um plano de invasão ou para matar Beira-Mar na unidade de Brasília.

“Ele foi transferido no próprio avião da PF. Negamos a existência de qualquer tentativa de invasão ou de morte dele”, disse o assessor à Reuters.

Em julho, o traficante foi transferido para Brasília depois de passar mais de dois anos em um presídio de segurança máxima em Presidente Bernardes, no interior do Estado de São Paulo.

Em 2003, após Beira-Mar coordenar uma onda de violência no Rio de Janeiro usando um telefone celular de dentro de sua cela, o governo federal teve de recorrer aos governadores estaduais para conseguir uma prisão que o abrigasse.

O traficante é carioca, mas foi preso em 2001 na Colômbia. Ele foi condenado depois por tráfico de drogas e outros crimes.

Notícias relacionadas