Barroso autoriza Temer a ter acesso a decisão sobre quebra de sigilo - WSCOM

menu

Política

14/03/2018


Barroso autoriza Temer a ter acesso a decisão sobre quebra de sigilo

De acordo com a decisão, o acesso será permitido "tão logo esteja documentada nos autos a prova decorrente das diligências sigilosas deferidas"

Foto: autor desconhecido.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso autorizou nesta terça-feira (13) a defesa de Michel Temer a ter acesso ao procedimento de quebra do sigilo do emedebista. De acordo com a decisão, o acesso será permitido “tão logo esteja documentada nos autos a prova decorrente das diligências sigilosas deferidas”.

A PF investiga se O Decreto do Portos que ampliou para 35 anos as concessões do setor favoreceu a Rodrimar. São investigados Michel Temer, o ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures, o presidente da Rodrimar, Antônio Grecco, e o diretor da empresa Ricardo Mesquita.

Barroso é o relator do inquérito, aberto em setembro do ano passado. No último dia 5, o ministro do STF autorizou a quebra do sigilo bancário de Temer. A defesa do emedebista pediu acesso à decisão.

Segundo o G1, a assessoria de Temer divulgou uma nota informando que dará à imprensa “total acesso” às informações do extrato bancário dele. Depois, a colunista do veículo Andréia Sadi informou que Temer reavalia o que fará com os extratos bancários. O Planalto disse não haver definição sobre o assunto e a divulgação à imprensa está “sob exame, em análise”.

Notícias relacionadas