Barcelona questiona Tribunal e aguarda decisão sobre Neymar - WSCOM

menu

Mais Esporte

22/04/2017


Barça questiona Tribunal sobre Neymar

FORA DO CLÁSSICO

Foto: autor desconhecido.

 O Barcelona publicou neste sábado um comunicado oficial questionando a posição do Tribunal Administrativo do Esporte (TAD) e do seu presidente, Enrique Arnaldo, no caso em que o clube enviou nesta sexta-feira um recurso pedindo a suspensão da punição de Neymar para colocá-lo em campo contra o Real Madrid neste domingo, pelo Campeonato Espanhol. O GloboEsporte.com transmite a partida em tempo real a partir de 15h45 (de Brasília). Entre os questionamentos, o clube afirma ter enviado o recurso pedindo a suspensão da punição, além de ficar surpreso com a declaração de Enrique Arnaldo de que não pôde resolver o caso por conta de prazos e horários, levando em consideração que o TAD jamais notificou os catalães sobre o horário determinado para a reunião.

 Ainda de acordo com o comunicado divulgado neste sábado, o Barcelona ainda aguarda por uma resolução do caso por parte do Tribunal Administrativo do Esporte. Porém, o clube catalão espera que Enrique Arnaldo não participe do processo de deliberação do caso.

 O clube catalão também questiona o presidente do TAD por ter apresentado sua opinião pessoal sobre o caso, não respeitando os procedimentos formais, após não ter encontrado todos os membros para realizar a reunião. O Tribunal Administrativo do Esporte havia marcado reunião excepcional neste sábado para analisar o recurso apresentado pelo Barça na sexta, última cartada do time catalão na tentativa de ter o brasileiro em campo. No entanto, alguns membros não foram encontrados, a reunião foi cancelada, e o órgão enviou ao clube um comunicado por escrito dizendo que o recurso não anula a suspensão de três jogos de Neymar. Portanto, ele segue fora.

 O TAD também informou na nota que cita a tentativa de realizar uma reunião de emergência, sem sucesso, que a execução da suspensão de Neymar é imediata, exceto se acontecer uma medida cautelar, medida que o Barcelona havia solicitado. Portanto, não há como escalar o jogador no clássico deste domingo contra o Real Madrid.

 Entenda o caso da suspensão de Neymar

 Neymar foi suspenso por três jogos devido à expulsão na derrota por 2 a 0 do Barcelona sobre o Málaga pelo Espanhol. Pegou um jogo de suspensão por conta do cartão vermelho, e mais dois por aplaudir o árbitro ao deixar o gramado – além disso, terá de pagar uma multa de 700 euros (cerca de R$ 2,3 mil), e o Barcelona, uma de 600 euros (R$ 2 mil).

 Após ter o recurso pela suspensão da punição a Neymar negado pelo Comitê de Apelação da Federação Espanhola de Futebol, o Barcelona enviou na sexta-feira sua última cartada para ter o jogador no clássico. Levou o caso para o TAD, que alegou não ter recebido qualquer pedido dos catalães em sua reunião do dia, confirmando a ausência do brasileiro na partida. Porém, o recurso chegou após a reunião, algo feito de forma intencional pelos culés, segundo o jornal catalão "El Mundo Deportivo". O jornal "As", de Madri, afirmou que o TAD tinha prevista uma reunião excepcional neste sábado para decidir se aceitaria ou não o recurso. No entanto, o órgão cancelou a reunião por não ter conseguido encontrar dois de seus membros e enviou um comunicado ao Barça dizendo que Neymar segue suspenso e não pode jogar.

Notícias relacionadas