Banco de Leite Humano inicia Semana Estadual de Doação de Leite Materno nesta segunda-feira - WSCOM

menu

Saúde

11/05/2018


Banco de Leite Humano inicia Semana Estadual de Doação de Leite Materno nesta segunda-feira

Foto: autor desconhecido.

O Banco de Leite Humano Anita Cabral, que integra a rede estadual de saúde, promove, a partir desta segunda-feira (14), às 7h, a VI Semana Estadual de Doação de Leite Materno. Na abertura da programação, será oferecido um café da manhã para as doadoras e mães que amamentam no Banco de Leite Anita Cabral, além do Curso de Shantala para mães e bebês.

No mesmo dia, às 9h, será ofertado em Mamanguape o procedimento de Shantala nos recém-nascidos, além de orientações de primeiros socorros; e às 13h, será realizado o projeto primeiro click e mamãe beleza.

A programação se estende até a sexta-feira (25), com atividades de sensibilização nas maternidades do estado, por meio da Rede de Bancos de Leite do Estado da Paraíba com a colaboração dos seis Bancos de Leite e 21 Postos de Coleta.

A Semana Estadual de Doação de Leite Materno foi instituída pela Lei estadual 9.956, de 11 de janeiro de 2013 e tem como objetivo divulgar a estratégia para doação de leite materno pelos diversos setores da sociedade.

“Durante essa semana a sociedade é convidada para aderir à campanha de doação de leite materno, sensibilizando-a para a importância na redução da mortalidade infantil com o gesto de doar leite materno, pois cada vez mais cresce a demanda por leite humano pasteurizado, para suprir as necessidades dos bebês internos nos leitos neonatais do estado e em especial das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatais da Grande João Pessoa”, disse a diretora do Anita Cabral, Thaíse Ribeiro.

Programação – Na terça-feira (15), dando prosseguimento às atividades, às 14h, acontecerá uma roda de conversa na sala de apoio à mulher trabalhadora que amamenta, na empresa Indaiá. No mesmo horário haverá uma capacitação em aleitamento materno, no teatro, em Mamanguape, para profissionais da atenção básica do município e às 15h, roda de conversa com as mães e acompanhantes dos bebês internos nas unidades neonatais da Maternidade Frei Damião, em João Pessoa.

Já na quarta-feira (16), às 8h30, a programação inclui uma capacitação em segurança nutricional no uso do leite humano no Hospital e Maternidade Flávio Ribeiro Coutinho, em Santa Rita. Em Pombal, às 9h, haverá um aconselhamento em amamentação e palestra sobre aleitamento e doação de leite humano para as puérperas do Posto de Coleta de Leite Humano do Hospital Geral do município, em parceria com o Banco de Leite de Patos. Na cidade de Mamanguape, às 14h, acontecerá uma capacitação em segurança nutricional no uso do leite humano, que será realizada no Hospital Geral. Em Campina Grande pela manhã e tarde, acontecerá a atenção multidisciplinar voltada para o ciclo gravídico-puerperal, além da campanha de arrecadação de frascos, na faculdade Maurício de Nassau.

Dando continuidade às ações, na quinta-feira (17), ocorrerá no Hospital Materno Infantil João Marsicano, em Bayeux, uma capacitação em segurança nutricional no uso do leite humano. Já em Mamanguape, às 13h, será realizado o projeto primeiro click e mamãe beleza.

Na sexta (18), acontecerá a campanha de arrecadação de frascos, além do dia voltado para a conscientização e prevenção da gravidez na adolescência, no Banco de Leite Humano, em Campina Grande. Às 9h, será realizado o aconselhamento em amamentação e palestra sobre aleitamento e doação de leite humano para as puérperas do Posto de Coleta de Leite Humano do Hospital Geral de Santa Luzia, em parceria com o Banco de Leite de Patos e às 8h aconselhamento em amamentação e palestra sobre aleitamento, doação de leite humano voltada para as puérperas do Hospital Geral de Mamanguape, além da realização de Shantala nos recém-nascidos e orientações de primeiros socorros e às 13h, o projeto primeiro click e mamãe beleza.

As atividades continuam no sábado (19), com a Exposição: “Doe leite: salve vidas!”, que será disponibilizada na praça de eventos do Manaíra Shopping, em João Pessoa. Já às 9h, acontecerá o lançamento do vídeo em alusão ao dia nacional da doação de leite materno, em Mamanguape e em Campina Grande, às 8h, será ofertado o curso de consultoria em amamentação pelo Banco de Leite Humano, no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea).

Na terça-feira (22), às 8h, será promovida, no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, uma reunião para discutir a segurança alimentar e nutricional em uso de leite humano e a criação do protocolo de utilização do alimento em unidades neonatais com a Rede de Bancos e Postos de Coleta de Leite Humano do Estado.

A programação segue na quarta-feira (23) com o encontro de avaliadores do Hospital Amigo da Criança, com o objetivo de incentivar o aleitamento materno nos hospitais e se encerra na sexta-feira (25), às 16h, com um chá da tarde com as mães da Casa da Gestante Bebê Puérpera, em Campina Grande.

Na quinta-feira (18), às 10h, será ministrada uma palestra para os profissionais de saúde da Maternidade Frei Damião.

Durante a semana acontecerão atividades em todo o estado para a promoção da doação de leite materno, por meio dos seis Bancos de Leite em João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos e Cajazeiras e dos 21 Postos de Coleta, entre os quais se destacam os de Pombal, Santa Luzia, Sousa, Mamanguape e Taperoá, que realizarão atividades locais para esse incentivo.

Rede de Serviços e situação do estoque de leite – A rede de bancos de leite da Paraíba conta atualmente com 350 doadoras e coleta mensalmente em média 400 litros de leite, o que dá para atender cerca de 600 receptores.

De acordo com Thaise Ribeiro, a quantidade ainda é insuficiente para atender a demanda. “É necessário o aumento da coleta, em torno de 200 litros, para atender todos os bebês que requeiram, transitoriamente, um apoio de complemento durante sua internação nas maternidades”, informou.

Ainda de segundo a diretora do Anita Cabral, entre os meses de janeiro e abril deste ano, houve uma diminuição nas intenções de doações de leite humano para os bancos de leite, ocasionando uma queda considerável no estoque.

“A nossa grande preocupação é que essa queda se acentue consideravelmente nos feriados de São João e férias do meio do ano e venha a prejudicar, principalmente, o abastecimento nas unidades neonatais do estado”, ressaltou Thaise.

Doações – Para ser doadora é só procurar o banco ou posto de coleta de leite humano mais próximo, estar amamentando o filho, estar saudável e ter excesso de produção de leite. O serviço de Rota Domiciliar irá até a residência da doadora e entregará o Kit Doação (frascos de vidro esterilizado, luvas, gorro e máscara). Além disso, a equipe prestará todas as orientações necessárias para o correto armazenamento e ainda comparece semanalmente ao domicílio da mãe para coletar a doação.

Armazenamento – Se a mãe desejar guardar o leite imediatamente em casa, basta seguir algumas regras: lavar bem as mãos até os cotovelos com água e sabão, prender os cabelos, colocar um lenço sobre a boca (para evitar gotículas de saliva sobre o leite) e o vidro com tampa de plástico seco e já fervido por 15 minutos. Deve-se realizar a extração de leite dentro do vidro e desprezar os primeiros jatos. Após a retirada do leite, colocar o frasco fechado no congelador, onde deverá ter a validade de 15 dias congelado. Para a utilização do leite congelado deve-se descongelá-lo em banho maria a 40°C e usá-lo, imediatamente. A conservação do leite já descongelado só deverá ser feita pelas próximas 12 horas em refrigerador.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 3215-6047