João diz que Paraíba está com Lula e alfineta oposição: "Chapa definida na cozinha de alguém" - WSCOM

menu

Política

24/08/2018


João diz que Paraíba está com Lula e alfineta oposição: “Chapa definida na cozinha de alguém”

Foto: autor desconhecido.

O candidato do PSB ao Governo do Estado João Azevêdo (PSB) e o candidato a vice-presidente, Fernando Haddad (PT) arrastaram cerca de 10 mil pessoas pelas principais ruas do centro de João Pessoa, nesta quinta-feira (23). Durante o trajeto da caminhada, que coloriu as ruas de laranja e vermelho, pessoenses declaravam o seu apoio a João Azevêdo e para Lula presidente. Acompanhados dos candidatos ao Senado Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Luiz Couto (PT), e do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), realizaram, em seguida, o primeiro comício da coligação A Força do Trabalho, no Ponto de Cem Réis.

João fez questão de responder ao recado de Lula, transmitido por Haddad e enaltecer a força do ex-presidente Lula, que mesmo em Curitiba, sem fazer campanha e impedido de participar dos debates, lidera todas as pesquisas. “Diga a Lula que a Paraíba está com ele para construir uma grande vitória para o Brasil. A liderança de Lula se dá por algo muito simples: o povo tem memória e sabe reconhecer que o país governado por ele era muito melhor do que hoje com 13 milhões de desempregados e com políticos trabalhando contra o povo”, afirmou.

O candidato socialista destacou que o dia 7 de outubro será fundamental na vida da população, que precisa entender que por trás do número na urna, deve existir um cidadão que tenha compromisso com o povo, respeito ao que é público. “É por isso que escolhemos a dedo a nossa chapa com Lígia Feliciano, Veneziano e Luiz Couto que têm uma história de dedicação a população, aos injustiçados e os mais necessitados”, apontou.

João lamentou que a chapa adversária tivera sido definida na cozinha de alguém que não quis ser candidato e resolveu botar o irmão gêmeo para disputar as eleições, e, em outra sala de estar campinense, o outro gestor também disse que não queria ser candidato e indicou a esposa como vice. “Isso é um jantar familiar meu povo! A Paraíba merece respeito”, alertou.

Notícias relacionadas