Azevedo diz conhecer obras dos 223 municípios e representa Avanços da Mudança - WSCOM

menu

Política

05/02/2018


João Azevedo abre o Jogo no WSCOM

EXCLUSIVO

Foto: autor desconhecido.

O  Portal WSCOM inova mais uma vez. A partir de hoje desenvolverá uma série de Entrevistas com os principais nomes da disputa Majoritária e Proporcional da Paraíba e do Nordeste. Na primeira de uma série, o engenheiro João Azevedo, resolveu abrir o jogo " sobre sua Pré-candidatura explicando porque se sente preparado para avançar nas Mudanças. Ele faz várias revelações: diz que Ricardo Coutinho mudou o paradigma de fazer política e conhece as obras dos 223 municípios. 

Eis a íntegra da Primeira Parte:

WSCOM – Secretário, já se passaram meses desde seu lançamento como pré-candidato. O que mudou na sua vida e, sinceramente, o Sr tem motivos para se dizer satisfeito?

João Azevedo – Minha vida mudou fortemente de nível e de comprometimento com o projeto de avançar com mais resultados possíveis em favor da Paraíba. Já não controlo mais minha agenda, minha vida, dividida em pautas administrativas, políticas e pouco para a família, embora ela esteja consciente.

WSCOM – Vale à pena?

João Azevedo – No meu caso, sim, porque estou preparado e represento um processo de mudanças fortes no modelo de governar e de priorizar o Governo com austeridade, mas voltado para a maioria da população. Em sendo assim, tenho o orgulho de fazer parte de um Projeto sem igual liderado pelo governador Ricardo Coutinho, se comparando com as fases anteriores.

WSCOM – Que Projeto é este de tão grande transformação?

João Azevedo – Você precisa percorrer todo o estado, conversar com as pessoas simples, anônimas, bem diferente dos normais "profissionais" da Política para entender, como eu comprovo, que está em curso desde 2011 o mais expressivo Projeto de Governo mudando a Cultura de prioridades no Estado como nunca se viu. Não é à toa que escuto dizerem: este modelo de Governo precisa avançar, nunca retroceder.

WSCOM – O Sr. está teorizando de certa forma, mas quais as mudanças na prática, além dessa nova Cultura de gestão, sobretudo na infraestrutura e nas diversas áreas, como recursos hídricos, saúde, educação, segurança, etc?

João Azevedo – O Governo Ricardo mudou de 2011 até hoje em todas as áreas que se queira comparar com resultados efetivamente, estatiscamente, bem melhor do que os números anteriores. Chegamos ao Governo com uma proposta inovadora mas precisamos primeiramente cuidar da estrutura de governo, rígido controle fiscal e a projeção de muitas ações na infraestrutura do Estado para resolver implantar novos serviços na sequência.

WSCOM – Objetivamente, como ou não o Orçamento Democrático contribuiu para espraiar escolhas pela população do que deveria ser priorizado, em detrimento da classe política que boicotava?

João Azevedo – O Orçamento Democrático quebrou para sempre paradigmas do que é prioridade social dando empoderamento à sociedade de apontar o que é prioridade para ela.

WSCOM – Mas a classe política boicotou integralmente este modelo?

Joao Azevedo – Boicotou até certo ponto, quando percebeu que o OD é uma aliado de todos e não inimigo como se propagava. Veio tempo e todos constataram que este é o melhor modelo de indicação de prioridades, diferentemente das escolhas em gabinetes de ar condicionado. A classe política, em geral, é hoje grande aliada e faz questão de participar ativamente.

WSCOM – Uma pergunta basica: o Sr conhece os 223 municípios?

João Azevedo – Todos, sem exceção. Não se esqueça que sou engenheiro e desde quando do IPEP viajava para fiscalizar obras e  assim já percorria todas as regiões. Não sou engenheiro de Gabinete.

WSCOM – Aproveitando a deixa: o Sr conhece todas as obras do governo nos 223 Municípios?

João Azevedo – Conheço e desafio opositores a saber na mesma dimensão. Sei de cor e salteado.

WSCOM – O Sr. Fala em estar bem politicamente, mas os números de pesquisas dizem isso?

João Azevedo – Anote no seu papel: estou muito melhor do que imaginava e em pouco tempo.  Vamos vencer e avançar.

Notícias relacionadas