Autor do best seller o “O Poder da Ação”, Paulo Vieira, comenta sobre fator emocional, mercado e o papel do coaching na conquista do sucesso - WSCOM

menu

Cursos e Eventos

09/02/2019


Autor do best seller o “O Poder da Ação”, Paulo Vieira, comenta sobre fator emocional, mercado e o papel do coaching na conquista do sucesso

Palestrante ministrou o curso “O Poder da Ação" para aproximadamente 2.000 pessoas, na Capital.

Paulo Vieira em atuação durante o curso "O Poder da Ação", em João Pessoa (Foto: Igor do Ó)

Por Ângelo Medeiros / Portal WSCOM

 

Você sabia que o problema para não conseguir progredir na vida pode ser meramente emocional? Na maioria das vezes, as amarras para não alcançarmos o sucesso podem estar presas em nossa mente, impedindo a ação necessária para alcançarmos os nossos objetivos. As dicas para sair dessa situação e dar uma guinada na carreira, nos estudos ou até na vida conjugal, podem ser aceleradas com a ajuda de um coaching, um treinador profissional que irá ajudá-lo a pensar e agir de maneira correta, com foco, metas, autorresponsabilidade e crença na realização pessoal.


O Portal WSCOM conversou com Paulo Vieira, especialista e autoridade internacional em temas como Coaching, Liderança, Negociação, Relações Humanas e Gestão Eficaz de Pessoas. Ele promoveu o curso “O Poder da Ação”, com cerca de 2.000 participantes, na última quinta-feira (7), no Centro de Convenções de João Pessoa.


Paulo Vieira tem experiência com consultorias em mais de 500 empresas ao longo de seus quase 20 anos de carreira nesse segmento. Ele é autor do best-seller “O Poder da Ação”, que já vendeu mais de 250 mil cópias no Brasil, sendo o terceiro livro mais vendido em 2016 na sua categoria (segundo ranking da Revista Veja).

 

O curso de mesmo nome, é inteiramente baseado na obra, voltado para o público em geral, que são conduzidos a mergulhar em um conteúdo estruturado, a colocar em prática seus objetivos e a se tornar um treinador oficial do “Poder da Ação”. A organização é da Febracis, empresa com matriz em Fortaleza, núcleos em mais de 30 cidades, entre elas, João Pessoa, incluindo EUA e Angola.


No decorrer do curso, Paulo Vieira ensina que se queremos que algo aconteça precisamos realizar mudanças em nós, que pode ser o modo de pensar, de falar, de ser, de viver e, sobretudo, de agir. “Tem poder quem age, mais poder ainda quem age certo e superpoderes quem age, age certo e na velocidade certa”, diz.


O especialista ainda comenta sobre o promissor mercado para coachings no Brasil. Confira abaixo a entrevista na íntegra:

 

WSCOM – Você hoje é um dos profissionais mais renomados na área de treinamento de pessoas no mundo. Como foi o momento de transformação em sua vida, já que veio de outra área de formação? O que lhe fez enveredar por esse caminho, ajudando a melhorar a vida de milhares de pessoas?


PAULO VIEIRA –
Foram vários momentos. O primeiro foi aos 30 anos, quando percebi e senti o que era a autorresponsabilidade. Esse termo não existia no mercado, mas veio esse insight. Eu tive um acidente de carro, li um livro e aí, pum! Virou uma chave dentro de mim. Descobri então que eu sou o único responsável pelos meus problemas, e pelos meus fracassos. Eu não posso culpar ninguém. Esse foi o primeiro momento. Aí, um ano depois, eu tinha uma vida completamente diferente. Extraordinária!


WSCOM –
Como está o mercado de coaching atualmente?


PAULO VIEIRA –
Está extraordinário. Nos Estados Unidos, na Alemanha, na Inglaterra esse mercado cresce muito, mas, hoje o Brasil, talvez pela demanda não assistida, é o mercado que mais cresce e mais promissor atualmente.


WSCOM –
Então qual o papel do coaching na construção de mentes brilhantes e do caminho para o sucesso?


PAULO VIEIRA –
O coaching não ensina coisas, o coaching ensina aprender a aprender. Olha que loucura (sic). As pessoas se desenvolvem, as pessoas amadurecem, as pessoas tomam as melhores decisões, tomam as melhores escolhas, se entendem mais, se conhecem mais. Então, quando eu me conheço e me entendo melhor, e compreendo o que está ao meu redor, certamente, eu consigo tomar as melhores decisões.

 
WSCOM – Como o profissional coaching pode ajudar a pessoa a vencer os obstáculos e os labirintos da vida?


PAULO VIEIRA –
Quando o coaching desafia a pessoa a dar o seu melhor, a fazer suas melhores escolhas emocionais, restaurando competências e inteligência emocional, reprogramando crenças, eliminando a auto sabotagem, a procrastinação, aumentando a crença de merecimento, as escolhas se tornam extremamente mais assertivas. Fora isso, na parte cognitiva, ele vai levar a pessoa a buscar as informações certas, por meio de ferramentas certas. É a bússola para atravessar o labirinto, é o GPS, o drone, e o mapa, é o que vai te ajudar a tomar as melhores decisões.

 

WSCOM – você escreveu o livro “Fator de Riqueza”, que aborda o tema finanças. Como o coaching pode ajudar a pessoa na construção de um perfil vitorioso?


PAULO VIEIRA –
Todo mundo tem um perfil, que são universais e variáveis. Dominante, influente, estável e conforme. O que é isso? Quatro palavras que todo mundo se adequa. Eu, por exemplo, sou dominante, influente, extrovertido, sou rápido, acelerado e não sou muito detalhista, isso determina as minhas escolhas, determina meus relacionamentos, determina até minha vocação profissional. Se eu conheço o perfil profissional da pessoa, o assessment (avaliação) da pessoa, eu sei como me relacionar, eu sei onde coloca-la, eu sei como motivá-la, eu sei como ela é. Então, isso vai me ajudar extraordinariamente”.


WSCOM –
O medo é o maior mal da humanidade?


PAULO VIEIRA –
O medo era para ser o aliado das pessoas, mas as pessoas não entendem e não gerenciam o seu medo, deixando que o medo as paralise. Na verdade, ele apenas é um termômetro de nossas ameaças. Se eu estou com medo de perder o meu casamento, o que faço para não o perder? Se estou com medo de ter um infarto, o que faço para não infartar? As pessoas sentem o medo e não fazem nada e o medo só aumenta e paralisa. O medo era para ser uma luz para as pessoas fazerem as suas escolhas.     


WSCOM –
Em seu curso, o “Poder da Ação”, você cita que a falta de humildade é uma das piores qualidades do ser humano. Porque isso?


PAULO VIEIRA –
A soberba e a arrogância afastam, a superioridade e a pretensão afastam, as pessoas não querem se sentir menores diante de pessoas que se colocam maiores, as pessoas querem se sentir iguais. O humilde é flexível, é adaptável, ele agrada a todas as pessoas. Então todos querem estar ao lado de quem é humilde, então ele naturalmente conquista a honra das pessoas. 


WSCOM – 
Ainda durante o curso “O Poder da Ação”, você destaca a realização do Método CIS, o que essa capacitação oferece às pessoas? 


PAULO VIEIRA –
O método CIS é um método do coaching integral sistêmico, um processo que é racional, cartesiano, atinge o hemisfério esquerdo racional, a inteligência cognitiva, mas, diferente de qualquer outro, atinge a estrutura emocional, numa linguagem emocional. As pessoas querem lidar com as emoções de forma racional, e no Método CIS existe uma reprogramação de crenças, de competências e de inteligência emocional, usando uma abordagem, com ferramentas específicas. No Método CIS você reprograma suas crenças e, naturalmente, vai fazer o que é certo. Você passa a agir de uma nova maneira, que vai chamar a atenção das pessoas. Será tão natural que você nem perceberá que mudou. É algo que virá de dentro, de atitude interna, de crenças reprogramadas. Esse talvez seja o diferencial.


WSCOM –
Como você relaciona o “Poder da Autorresponsabilidade” e o “Poder da Ação”, seus livros mais vendidos em 2018


PAULO VIEIRA –
Autoconhecimento é consciência. ‘Porque eu ajo assim? Porque eu tenho medo disso? Porque eu brigo com essa pessoa? Porque estou acima do peso e como açúcar? Porque brigo com minha mãe? Porque não gosto da minha irmã?’ Quando eu entendo isso é autoconsciência, é autoconhecimento. O início das mudanças é o autoconhecimento que nós chamados de mudanças”.


WSCOM –
Por fim, qual o recado que você deixa para quem se encontra perdido na vida?


PAULO VIEIRA –
Quem se encontra perdido é porque não tem objetivos e não estar atento aos seus valores. Portanto, quando você sabe quais são os seus valores, sabe o que é importante para você e sabe quais são os seus objetivos na vida, rapidamente você achará um caminho”.

 

Confira abaixo algumas imagens do Curso “O Poder da Ação” ministrado em João Pessoa. As imagens são de Igor do Ó: