Autor da proposta, Carlão afirma: "foi democrático, não houve faca nos corpos" - WSCOM

menu

Política

12/09/2018


Autor da proposta, Carlão afirma: “foi democrático, não houve faca nos corpos”

Foto: autor desconhecido.

Autor da proposta que daria título de cidadania pessoense ao deputado federal Jair Bolsonaro, o vereador Carlão (PSDC), citou nesta quarta-feira (12), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), que as atitudes tomadas pelos vereadores de esquerda, que se ausentaram para não haver quórum suficiente, foi um ato antidemocrático e só quem perdeu com isso foi a cidade.

“Até onde vai o comprometimento dos vereadores de esquerda com a cidade de João Pessoa, a gente estava votando apenas um título de cidadão pessoense para um homem que foi ferozmente agredido, ferindo a sua democracia”.

Carlão admitiu que as pessoas que acompanhavam a sessão na Câmara ficaram exaltadas, mas que isso nunca foi motivo para agressão, ato oposto aos de esquerda. “Os ânimos ficaram acirrados sim, também nas galerias, cada um ali defendendo os seus posicionamentos, mas não houve empurra-empurra, xingamentos, foi democrático, não houve faca nos corpos, como aconteceu; a gente tem que lembrar o que aconteceu e isso tem que ser revelado pela imprensa, um homem hoje que era filiado ao PSOL, que gritava Lula Livre, um homem que tinha suas raízes na esquerda, enfiou a faca em um de direita”, completou o parlamentar.