Atrás das grades: ex-prefeito paraibano é preso por improbidade - WSCOM

menu

Paraíba

16/05/2008


Atrás das grades: ex-prefeito paraibano

A juíza da Segunda Vara da Comarca de Sousa, Maria dos Remédios Sarmento, decretou a prisão preventiva do ex-prefeito do município paraibano de Santa Cruz, Francisco Lopes da Silva, mais conhecido como Chico Lopes. A determinação foi cumprida no final da manhã da quinta-feira 15, atendendo pedido da promotora Maricele Fernandes, do Ministério Público Estadual.

Segundo a promotora, o ex-prefeito não tem sido encontrado para receber notificações das ações penais que o MPE propôs para investigar as denúncias que pesam contra ele.

Chico Lopes é acusado de improbidade administrativa, desvio de dinheiro, pagamento de funcionários fantasmas e fraudes em licitações.

De acordo com a denúncia, em 2000 Chico Lopes teria desviado R$ 1.240,00 cheques emitidos da conta do Fundef para pagamento de despesas sem comprovação. Ele também teria efetuado pagamentos superiores a R$ 400 mil a empresas contratadas sem licitação, além de pagar décimo terceiro salário a servidores que não figuram nos quadros funcionais da Prefeitura de Santa Cruz.

As denúncias foram investigadas – e comprovadas – pelo Tribunal de Contas do Estado.

O Comandante da Segunda Companhia de Polícia Militar, José Ronildo, acionou o destacamento da cidade de Santa Cruz que efetuou a prisão do ex-prefeito em sua residência na zona rural do município e em seguida foi encaminhado a penitenciária agrícola.

Notícias relacionadas