Atleta acusado de tráfico deixa detenção e ironiza: “Tô em casa mói de puta" - WSCOM

menu

Paraíba

08/07/2016


Atleta ironiza: “Tô em casa mói de puta"

APÓS PRISÃO

Foto: autor desconhecido.

A Polícia Civil efetuou a prisão de dois jovens de classe média alta na noite desta quinta-feira (7), em um posto de combustíveis no bairro Esplanada, na Zona Sul de João Pessoa, sob a acusação de tráfico de drogas. Os suspeitos são um personal trainer e um atleta campeão mundial pela seleção brasileira de handebol de areia. Os dois foram detidos na carceragem da Central de Polícia, no Geisel, mas liberados horas depois, já na manhã dessa sexta (8). 

A polícia chegou até os jovens após denúncia anônima. Segundo o delegado Thiago Sandes, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa, junto com eles foram detidos com certa quantidade de maconha, 45 comprimidos de ecstasy, 30 gramas de cocaína – quantidade suficiente para caracterização do crime de tráfico de drogas, segundo o delegado – e R$ 2,8 mil em espécie. Porém, os jovens negam a prática do crime de tráfico de drogas.

Mas, o que mais chamou a atenção após a liberdade foi uma postagem de um dos acusados em perfil pessoal na mídia social Instagram. A imagem mostra os jovens ao lado dos advogados e demonstra ironia com o fato de ter sido preso e já posto em liberdade. Confira o texto:

“Aos que me amam obrigado pelo apoio… Maluco a gente sempre foi… Só q agora todo mundo já sabe… Tô em casa mói de puta” (sic).

Na postagem, o atleta dá a entender que está mandando um recado aos amigos e seguidores, porém, não pegou bem nas mídias sociais. Vários dos famosos 'prints' da postagem foram compartilhados em grupos de conversas no WhatsApp junto com comentários de reprovação à atitude do jovem.

Horas depois, o atleta decidiu excluir a postagem e bloquear o perfil para estranhos.

 

Notícias relacionadas