Ateliê Valentim faz residência artística com argentinos que pintam murais em Carapibus e Jacumã - WSCOM

menu

Artes

13/07/2018


Ateliê Valentim faz residência artística com argentinos que pintam murais em Carapibus e Jacumã

Foto: autor desconhecido.

Casas, restaurantes e espaços públicos das praias de Carapibus e Jacumã, na cidade de Conde (PB), estão virando espaços para arte mural a partir desta terça-feira (12). Trata-se de um trabalho artístico desenvolvido por meio de uma ação de mediação cultural do ateliê Galeria Valentim com artistas plásticos argentinos. Desde o último sábado, a artista plástica e psicóloga, Rocio Manzano, e o músico e também artista plástico, Axel Arias, começaram uma residência artística da Valentim.

Os dois artistas fazem pesquisa criativa sob a coordenação de Juliana Alves, mestranda em Artes Visuais pelo programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O trabalho serve como diálogo e troca de experiências e deve resultar na pintura de pelo menos cinco murais públicos. A ação faz parte de um projeto de mediação cultural em artes organizado por Juliana Alves em seu ateliê. “Essa experiência que estamos fazendo aqui em Carapibus e Jacumã nasceu como um desdobramento do meu mestrado em Artes Visuais na UFPB, uma vez que o foco da minha pesquisa é a mediação cultural ou, as ações em torno das artes visuais em museus ”, acrescentou. “O intuito é propor aos artistas e, principalmente, às pessoas da cidade, experiências que nascem da aproximação de diferentes territórios, visualidades que emergem a partir da quebra de fronteiras”.

O primeiro mural, conforme explicou Juliana Alves, está sendo pintado na entrada do ateliê Galeria Valentim, em Carapibus. Já está planejado também dois painéis no restaurante Casa Rosa, um grande mural nos restaurantes Turek e na Trattoria Casa Rústica, este último localizado no Beco da Boemia, em Jacumã.

A artista plástica Rocio Manzano, da Província de Córdoba (AR), explicou que vem realizando painéis e murais públicos há cinco meses a partir de pesquisas sobre as identidades culturais e das populações brasileiras. Ela viajou desde o Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Salvador (BA). Agora na residência artística que faz no ateliê Galeria Valentim está dando continuidade ao seu trabalho. “Eu gosto muito de pintar a gente, o povo de cada cidade, e cenas que marquem as identidades das cidades que conheço”, acrescentou. Já o músico e artista plástico Axel Arias, da Província de San Luís (AR) tem se dedicado a pintar cenas da natureza local, registrando a fauna e a flora de cada cidade por onde viaja. “A gente está fazendo muitas descobertas sobre literatura, música e artes plásticas aqui e ainda aproveita para entender a identidade das cidades brasileiras”, afirmou.

Crédito da foto: Juliana Alves