Assista: Raíssa Lacerda se envolve em confusão em prédio de luxo; ela alega que defendeu funcionário - WSCOM

menu

15/03/2018


Assista: Raíssa Lacerda se envolve em confusão em prédio de luxo; ela alega que defendeu funcionário

A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) se envolveu em uma confusão nesta quinta-feira (15) em um condomínio de luxo, em João Pessoa. Segundo informações, a briga ocorreu entre Raíssa e a síndica do prédio.

A síndica alegou que a vereadora teria invadido o salão do prédio e a agredido verbalmente e fisicamente. Já Raíssa, emitiu nota em que afirma ter defendido um funcionário da sua família, que teria sofrido injúria racial.

Leia:

A vereadora pessoense, Raíssa Lacerda (PSD), afirmou ter sido agredida na tarde desta quarta-feira (14) após defender um funcionário de sua família que foi alvo, segundo ela, de injúria racial. Conforme a parlamentar, o motorista de seu pai, o ex-vice-governador José Lacerda (85), teve seu direito de transitar em condomínio na capital questionado pela esposa do proprietário do condomínio Solar Tambaú, onde reside pai da parlamentar.

“Ela se referiu ao funcionário da minha família como “negro petulante”, disse a vereadora em tom de desabafo.

Raíssa afirma ainda que uma funcionária da casa de seu pai teria sido expulsa do elevador social, sendo igualmente vítima de preconceito. Até o ex-vice-governador seria alvo de agressões verbais da vizinha que foi interpelada pela vereadora sobre lei de sua autoria que proíbe tais práticas preconceituosas. “Quando fui mostrar para a agressora a minha Lei que prevê que funcionários de condomínios devem escolher livremente o elevador que querem usar, sem sofrer qualquer constrangimento ou preconceito, ela disse que essa Lei não valia para aquele condomínio de alto padrão e partiu para cima de mim”. E completou: “O que fiz foi me defender. O resultado é que minha filha que viu a cena está internada, meu pai também adoeceu e eu estou com o braço cheio de arranhões”, disse a vereadora.

A vereadora revelou ainda que o funcionário de seu pai prestou queixa na 10 DD, onde afirmou ter sido vítima de crime de preconceito.

Assista os vídeos da confusão:

Notícias relacionadas