Assembleia Ambiental da ONU mira soluções inovadoras para futuro global - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

08/02/2019


Assembleia Ambiental da ONU mira soluções inovadoras para futuro global

Foto: autor desconhecido.

As Nações Unidas convidam governos e setores público e privado a repensar seus padrões de consumo e produção sob o tema “Pense no planeta, Viva simples”, durante a 4ª Assembleia Ambiental da ONU, que ocorre de 11 a 15 de março em Nairóbi, no Quênia.

 

Na ocasião, os países assumirão compromissos mensuráveis para estimular a inovação e a implementação de sistemas de economia circular.

 

A expectativa é de que sejam lançadas resoluções sobre disseminação do conceito de biodiversidade; gestão saudável de substâncias químicas e resíduos; uso de big data; gestão da informação; promoção de estilos de vida sustentáveis; uso eficiente de recursos e soluções baseadas no conhecimento indígena.

 

O sexto “Panorama Ambiental Global”, GEO-6, a principal avaliação periódica da ONU sobre o estado do meio ambiente, será lançado durante a Assembleia.

 

A Assembleia Ambiental das Nações Unidas (UNEA) é o maior fórum mundial de alto nível para questões de meio ambiente. Nela, chefes de Estado, ministros do Meio Ambiente, ativistas, presidentes de multinacionais, ONGs e outros convidados se reúnem para discutir e assumir compromissos globais com a proteção ambiental.

 

Para jornalistas, o evento é a oportunidade de acompanhar os últimos desdobramentos em políticas e ações ambientais, produzir reportagens e entrevistar pessoas que estão no poder, bem como principais inovadores na área e aqueles cujas vidas e meios de subsistência estão ameaçados, a menos que embarquemos num caminho que nos leve a padrões sustentáveis de produção e consumo.

Produção e consumo sustentáveis

A 4ª Assembleia Ambiental mira dois temas afins — soluções inovadoras para os desafios ambientais e consumo e produção sustentáveis —, inspirando países, atores do setor privado e indivíduos a promover #SoluçõesInovadoras e uma autocrítica de seus padrões de consumo e produção.

 

“Apesar de todo o progresso inspirado pelos objetivos globais, uma barreira ainda impede que eles sejam alcançados: as escolhas que fazemos em nossas vidas cotidianas continuam a alimentar hábitos de consumo e produção que cada vez mais excedem os limites do nosso planeta”, afirma Siim Kiisler, presidente da Assembleia Ambiental da ONU de 2019.

 

O consumo e a produção sustentáveis lidam com o ciclo de vida das atividades econômicas: a extração de recursos, o processo para transformá-los em materiais e produtos e, por fim, o uso e descarte.