Artesãos paraibanos comemoram volume de vendas na 19ª edição da Fenearte - WSCOM

menu

Artes

17/07/2018


Artesãos paraibanos comemoram volume de vendas na 19ª edição da Fenearte

Foto: autor desconhecido.

As vendas dos artesãos paraibanos que participaram da 19ª edição da Feira Nacional de Negócios e Artesanato (Fenearte), realizada de 4 a 15 deste mês no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, aumentaram cerca de 50% em relação à edição anterior do evento.

De acordo com o balanço divulgado pelo Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), o total de vendas foi de R$ 156.251 na 19ª Fenearte, com 4.225 peças comercializadas. Já na edição anterior do evento, as vendas chegaram a R$ 104.544.

A gestora do PAP, Lu Maia, destacou que o crescimento de vendas na Fenearte comprova a qualidade do artesanato paraibano. “Os artesãos do nosso Estado cada vez mais buscam qualificação, aprimoram o trabalho que fazem com tanto carinho. O resultado é o fortalecimento da nossa cultura e da economia paraibana”, afirmou.

Participaram da 19ª edição da Fenearte 12 artesãos, selecionados por meio de edital de chamamento público. Durante o evento, foram expostos produtos com várias tipologias, entre elas: renda filé, cerâmica, brinquedos populares, fibra, madeira, tecelagem e couro.

O evento – A Fenearte é considerada uma das maiores feiras de artesanato na América Latina, reunindo profissionais do segmento de vários países e de estados brasileiros. Nesta edição, o homenageado foi o mestre Salu, considerado um patrimônio vivo de Pernambuco.

 Aos 86 anos, mestre Salu é tido como um dos grandes precursores do movimento Mangue-beat e de manifestações culturais, como a Ciranda, o Maracatu, o Coco, o Cavalo-Marinho, o Mamulengo e o Caboclinho.

Notícias relacionadas