Arraes era símbolo de resistência e luta pela democracia, diz Tasso - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

13/08/2005


Arraes era símbolo de resistência

“O Brasil, principalmente o Nordeste, perde um dos seus maiores líderes”. A declaração é do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre a morte do presidente nacional do PSB, Miguel Arraes, 88.

“Homem de grande idealismo e combativo, foi símbolo na política nacional do sertanejo nordestino, do homem simples do Nordeste. Admirado pelo seu povo e cearense de origem, foi governador por três vezes de Pernambuco, além de brilhante atuação como parlamentar”, cita nota divulgada por Jereissati.

Para o ex-governador do Ceará, Arraes era um “exemplo de dignidade” e deixa “um legado do mais alto valor para a História política, perpetuando-se como símbolo da resistência e da luta pelos ideais democráticos”.

Notícias relacionadas