Após renúncia de Leto Viana, PSOL é o primeiro partido a lançar sua pré-candidatura à prefeitura de Cabedelo - WSCOM

menu

Política

17/10/2018


Após renúncia de Leto Viana, PSOL é o primeiro partido a lançar sua pré-candidatura à prefeitura de Cabedelo

Foto: autor desconhecido.

Novidade na politica de Cabedelo. Um dia depois da renúncia de Leto Viana ao mandado de prefeito, o PSOL lançou na manhã desta quinta-feira (17), a pré-candidatura de Marcos Patrício, presidente da legenda na cidade, a prefeito da cidade.

Em nota divulgada pelo presidente do partido, Tárcio Teixeira, o partido afirma que esse processo democrático, após a grave crise política vivida pela cidade, só foi possível graças a intervenção de Marcos e com isso a sua candidatura se torna legítima.

Confira na integra:

Dentro dos próximos 90 dias a cidade de Cabedelo passará por novas eleições diretas, onde ao povo do município será assegurado o direito escolher um novo Prefeito, capaz de por fim a maior crise política, administrativa e institucional porquê passou o Município de Cabedelo em toda a sua história.

A garantia de novas eleições em Cabedelo somente foi possível graças a atuação destemida e combativa de Marcos Patricio, Presidente do Diretório Municipal do PSOL, que juntamente com outras entidades, protocolou ainda no mês de maio deste ano, denúncia junto à Câmara Municipal de Cabedelo descrevendo e detalhado todos os ilícitos e infrações cometidas pelo agora ex-Prefeito Leto Viana, e a organização criminosa que se forjou em torno dele e de sua gestão.

Após 4 meses de tramitação do processo de impeachment junto à Câmara de Cabedelo, estando a denúncia na iminência de ser julgada pelos Vereadores da cidade, mesmo depois de várias tentativas e manobras por parte do Prefeito Interino Vítor Hugo para tardar a tramitação do processo, através de sua ingerência junto aos membros da Comissão Processante, eis que na última terça-feira (16/10/2018) o ex-Prefeito Leto Viana renunciou ao mandado.

A renúncia, nestas condições e na fase em que o processo de impeachment se encontrava, representa na verdade uma fraude, um grande acordo entre Leto Viana e o interino Vítor Hugo, que tem como objetivo a permanência no poder por parte do interino e do grupo político representado pelo agora ex-Prefeito.

O PSOL de Cabedelo, por todas estas razões, e com apoio da Direção Estadual e Nacional do Partido, terá candidatura própria nas próximas eleições municipais, através do companheiro Marcos Patricio, que articulará junto a outros seguimentos políticos e sociais da cidade a formação de uma grande frente progressista, que tenha em mente a necessidade de uma verdadeira e legítima transformação e renovação política na cidade, e que possa apontar para um novo caminho de desenvolvimento e moralidade.

Marcos Patrício – Presidente do PSOL Cabedelo.
Tárcio Teixeira – Presidente do PSOL Paraíba.
Alexandre Soares de Melo – Advogado do PSOL Paraíba.

Notícias relacionadas