Após morte do bezerro Neymar, família elege nova mascote para a Copa 2018 - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

17/06/2018


Após morte do bezerro Neymar, família elege nova mascote para a Copa 2018

Animal virou sensação na Copa de 2014 em Cruzeiro do Sul. Mascote morreu após ser picado por cobra

Foto: autor desconhecido.

Copa de 2014, Brasil perdendo de 7 a 1 para Alemanha, Neymar machucado e um mascote que virou a sensação em Cruzeiro do Sul. Na época, com apenas um mês de nascido, o bezerro Neymar virou atração no bairro 25 de Agosto após receber o nome do craque da seleção e ser adotado pelos moradores da rua.

O animal, sempre vestido de verde e amarelo, foi adotado pela família da servidora pública Márcia Roberta e andava pelas ruas do bairro durante a ornamentação para a Copa. Mas, dois meses após a derrota do mundial, a família resolveu levar Neymar para uma chácara localizada no ramal do Cabo, na BR-364.

O bezerro acabou picado uma cobra e morreu. Mas, ainda há mascote nessa Copa. Quem assume a responsabilidade desse cargo é a pequena Cacau – uma mistura de poodle com pinscher que veste roupas com a cores do Brasil e que deve dar sorte para a seleção.

Bezerro Neymar foi mascote da família na Copa de 2014 e morreu após o mundial  (Foto: Vanísia Nery/ G1/Arquivo)Bezerro Neymar foi mascote da família na Copa de 2014 e morreu após o mundial  (Foto: Vanísia Nery/ G1/Arquivo)

Bezerro Neymar foi mascote da família na Copa de 2014 e morreu após o mundial (Foto: Vanísia Nery/ G1/Arquivo)

“O Neymar foi nossa animação em 2014. Todo mundo queria tirar foto com ele. Este ano será diferente, o Neymar não está mais aqui e a rua está sem ornamentação. Acredito que seja a falta do Neymar, ele vivia no meio das pessoas subindo e descendo a ladeira fazendo a alegria de todos”, relembra Márcia.

Porém, a pequena Cacau deve ajudar o Brasil a garantir o hexa. “Espero que o Neymar faça bonito e a seleção vença esta Copa para apagar a amargura da última, quando perdemos por 7×1. Aquele resultado não foi fácil de engolir. Sem o Neymar bezerro, transformamos a Cacau a mascote de nossa família. Minhas filhas estão numa animação só coma a nova mascote”, conta.

O Brasil estreia no mundial neste domingo (17), às 13h, no horário do Acre, contra a seleção Suíça. Como a família de Márcia, muitos brasileiros depositam suas esperanças no craque brasileiro que está disputando sua segunda Copa do mundo.

Bezerro recebeu o nome de Neymar e virou mascote em 2014 (Foto: Vanisia Nery/G1/Arquivo )Bezerro recebeu o nome de Neymar e virou mascote em 2014 (Foto: Vanisia Nery/G1/Arquivo )

Bezerro recebeu o nome de Neymar e virou mascote em 2014 (Foto: Vanisia Nery/G1/Arquivo )

G1