Após longa discussão, Assembleia aprova remanejamento de recursos de Camará - WSCOM

menu

Política

12/04/2011


AL aprova remanejamento de Camará

vitória do governo

Foto: autor desconhecido.

A Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou na tarde desta terça-feira, 12, a Medida Provisória 164/2011, que remaneja R$ 12 milhões que estão alocados para reconstrução da Barragem de Camará para a construção do Centro de Convenções de João Pessoa e para recuperação de outras barragens no estado. A votação da MP foi antecedida de uma longa discussão entre parlamentares de situação e oposição. A matéria foi aprovada por 19 votos a favor e 12 contras.

Os deputados de situação defenderam o remanejamento com a alegação de que o dinheiro não pode ser usado em Camará neste momento por conta de pendengas jurídicas e por isso os recursos devem ser remanejados para que o estado possa receber o empréstimo do BNDES II. Para que isso aconteça, é necessário que o dinheiro do BNDES I seja utilizado em pelo menos 80%.

Já a oposição alega que a justificativa do governo é frágil e que não existe pendência jurídica. O deputado Luciano Cartaxo (PT) apresentou um relatório da audiência na Justiça e destacou que em nenhum momento há restrição a reconstrução de Camará.

O líder do PMDB, o deputado Gervásio Filho, criticou a aprovação do remanejamento, pois, segundo ele, o Governo enviou a MP a ALPB, mas não deu nenhuma garantia de que a barragem de Camará será reconstruída.

Já o líder da situação, Lindolfo Pires, defendeu o Governo e tranquilizou a população da região de Camará. Segundo ele, o governador Ricardo Coutinho enviou uma carta pública a Assembléia assegurando aos moradores dos municípios que serão abastecidos pela barragem que Camará será reconstruída.

 

Notícias relacionadas