Apesar de fotos, Moss não será acusada por droga - WSCOM

menu

Entretenimento

19/06/2006


Apesar de fotos, Moss não

A modelo Kate Moss não irá enfrentar acusações por alegações de que teria consumido cocaína. A conclusão foi apresentada nesta quinta-feira pela Promotoria Pública Britânica.

Fotos de Moss, de 31 anos, supostamente consumindo cocaína foram divulgadas em um jornal britânico, em setembro do ano passado.

Segundo a promotoria, as imagens “mostram claramente que Moss estava consumindo drogas e compartilhando-as com outras pessoas”.

Mas o órgão concluiu que era impossível precisar “a natureza exata” da droga e que “não havia provas suficientes” para processar a modelo.

Fotos

Nas fotos, a modelo é vista juntamente com o seu então namorado Pete Doherty supostamente consumindo cocaína.

Moss estava em um estúdio de gravação no norte de Londres, quando as imagens foram registradas, sem o seu conhecimento.

A promotoria relatou que a Polícia Metropolitana de Londres investigou as alegações contra a modelo, mas teve dificuldades em concluir as investigações devido à ausência de Moss da Grã-Bretanha por vários meses.

Após a divulgação das imagens, Kate Moss se internou em uma clínica de desintoxicação nos Estados Unidos.

Segundo a promotoria, através da análise das imagens, especialistas concluíram que as drogas consumidas por Moss poderiam ser cocaína, ecstasy ou anfetaminas.

Cada uma das drogas se encaixa em uma categoria diferente no código penal britânico.

Para que Moss fosse indiciada, seria necessário ter provas conclusivas sobre a droga consumida por ela.

Notícias relacionadas