Antigo PEN, partido que acolherá Bolsonaro tem novo dirigente na PB; conheça - WSCOM

menu

Política

25/09/2017


Antigo PEN tem novo dirigente na PB

Foto: autor desconhecido.

Com o anúncio da saída do deputado federal Jair Bolsonaro do PSC para ingressar no PEN (então Partido Ecológico Nacional), sigla onde provavelmente disputará a presidência da República no ano que vem, uma reformulação foi feita no partido. A primeira, no nome: o PEN agora se chama Patriota. As outras mudanças foram esclarecidas pelo novo dirigente da legenda na Paraíba: Julian Lemos.

Julian, que é instrutor de segurança e empresário, disse que com a iminente chegada de Jair Bolsonaro, o partido teve que ser reformulado principalmente do ponto de vista ideológico.

“A mudança do partido passa por uma reestruturação nacional aonde existe um projeto que todos são conhecedores que é o de Jair Bolsonaro com sua possível candidatura para presidente. Para isso, precisa-se de um alinhamento de ideias e uma agenda que a gente defenda de forma patriótica, uma agenda de direita porque o Brasil já passa por décadas em cima de uma agenda de esquerda e ideologias de esquerda”, comentou.

O dirigente do Patriota no Estado disse que entre as bandeiras do partido estarão a luta contra a descriminalização do aborto, um estado menor, direito à propriedade privada e acesso menos restrito ao porte de armas de fogo pelos cidadãos.

Segundo Julian, existem vários movimentos em apoio a Bolsonaro distribuídos pelo Brasil, sendo ele o coordenador do Nordeste. Tais grupos irão buscar nomes que se alinhem ao projeto de Bolsonaro e que se encontram isolados politicamente para se reforçarem o Patriota e garante que é um erro desprezar a força do nome do deputado federal.

“Quem o ignorar pode ser que queime a língua porque é uma realidade que hoje já pontua em algumas cidades com mais de 30% das intenções de voto e obviamente ele tem um formato, tem uma realidade e as pessoas que o seguem, seguem sem um apoio político”, considerou.

Julian comentou, ainda, como se dará a condução do partido na Paraíba. Apesar das lideranças do PEN no Estado, Juracy Mendes (ex-presidente), Branco Mendes (deputado estadual) e Edmilson Soares (deputado estadual) serem alinhados com o governador Ricardo Coutinho, Julian ressaltou que o Patriota não tem alinhamento com nenhum projeto político vigente.

“Não temos. Nosso alinhamento hoje é unicamente com nossos movimentos sociais. Com empresários, professores, advogados, agora não da classe política habitual. Nós não temos nenhum compromisso político com quem hoje está no poder”, concluiu.

Notícias relacionadas