Aluno do SESI e SENAI da Paraíba vence Grand Prix de Inovação em Brasília - WSCOM

menu

Paraíba

10/07/2018


Aluno do SESI e SENAI da Paraíba vence Grand Prix de Inovação em Brasília

Foto: autor desconhecido.

Temos mentes brilhantes no SESI e SENAI da Paraíba, e uma delas, estava entre os integrantes da equipe vencedora do Grand Prix de Inovação – competição realizada em Brasília durante a programação da Olimpíada do Conhecimento. A competição começou na última quinta-feira (5) e encerrou neste domingo (8) com a apresentação dos resultados e anúncio dos vencedores.

O jovem Emmanuel Alves Plácido, de 18 anos, aluno SESI e SENAI do Programa de Educação Básica Articulada com a Educação Profissional (EBEP), em Bayeux, foi mostrar seu talento para a inovação na capital federal. Emmanuel participou do desafio ao lado de estudantes de representantes de outros Estados que integravam a mesma equipe.

A equipe Guerreiros Space-Time foi a campeã do Grand Prix de Inovação 2018. O grupo multidisciplinar formado por estudantes da Paraíba, Espírito Santo, Goiás, Paraná e Minas Gerais convenceu o júri de que as propostas apresentadas eram as melhores soluções para os desafios lançados pelas empresas.

De quinta à domingo os estudantes ficaram confinados por 30 horas pensando em respostas para os desafios lançados por quatro empresas de diferentes segmentos. Para a siderúrgica Gerdau, os participantes deveriam apresentar respostas de como melhorar a comunicação com os colaboradores em temas de saúde, segurança e meio ambiente. De acordo com o estudante Emmanuel Alves Plácido, a saída pensada pelo grupo foi criar um sistema de resolução diminuindo a influência humana. “A gente buscou colocar um cálculo preciso que criasse um padrão. Além disso, apostamos em animações e mais praticidade no sistema deles”, disse Emmanuel.

Os Desafios – As equipes competidoras tiveram 30 horas para resolver as questões lançadas por quatro grandes empresas de diferentes setores da indústria, em seguida, apresentar as soluções propostas. A montadora Fiat Chrysler Automobiles (FCA), lançou o desafio de um novo modelo de negócio para comercialização dos veículos novos, atendimento no pós-vendas e experiência do consumidor. Para a siderúrgica Gerdau, os participantes tiveram que apresentar respostas de como melhorar a comunicação com os colaboradores em temas de saúde, segurança e meio ambiente.

O desafio dado pela companhia de bebidas Ambev era o de aumentar e medir o engajamento dos funcionários nos assuntos relacionados à sua saúde. Já a empresa de softwares Dassault Systèmes pediu para que os competidores apresentassem soluções de como otimizar sistemas de transportes para deficientes físicos levando em consideração peso, custo e mobilidade.

Mas, a Paraíba teve ainda representantes nas outras duas equipes que subiram ao pódio para ocupar o segundo e terceiro lugares. Na segunda colocação, ficou equipe que tinha como representantes da Paraíba, Maria Clara Lara Marques e Jaline Costa, ambas do EBEP e alunas das escolas de Campina Grande e Bayeux. Na equipe que alcançou a terceira colocação tínhamos a aluna Marcela Felício do EBEP Bayeux.

Ao todo foram formadas oito equipes multidisciplinares formadas por 48 alunos de 13 estados brasileiros que não se conheciam anteriormente, uma vez que o sorteio foi feito por competências.

PREMIAÇÃO – A equipe vencedora ganhará uma viagem de três dias para um polo de inovação – o destino será divulgado no domingo. A segunda posição receberá um curso de até R$ 2 mil para cada um dos componentes do grupo. Os que ficarem em terceiro lugar poderão escolher qualquer curso de formação no valor de até R$ 1 mil.