Alemanha goleia e é líder; Klose encabeça artilharia - WSCOM

menu

Internacional

20/06/2006


Alemanha goleia e é líder;

Se ainda havia dúvidas sobre a força da seleção alemã, elas acabaram nesta terça-feira, com a incontestável vitória por 3 a 0 sobre o Equador, em Berlim. Com 100% de aproveitamento, a equipe da casa assegurou a liderança do grupo A, com noves pontos ganhos, e ainda consagrou o artilheiro da Copa do Mundo. Com os dois gols marcados nesta terça, Miroslav Klose foi a quatro gols e superou o espanhol Fernando Torres, que está com três.

Agora, os alemães esperam o segundo colocado do grupo B, que será definido também nesta terça-feira. A Inglaterra já está garantida e precisa apenas de um empate com a Suécia para assegurar a liderança. O empate também serve para os suecos, que dessa forma ficariam em segundo lugar. Porém, se vencerem garantem a liderança e fogem da Alemanha. Trinidad e Tobago precisa vencer o Paraguai e torcer por derrota sueca.

Antes do jogo contra o Equador, os jogadores alemães e o técnico Jurgen Klinsmann cansaram de dizer que não estavam preocupados com o possível duelo contra a Inglaterra. Verdade ou mentira, o fato é que a equipe da casa partiu com tudo para cima do time sul-americano desde o início do jogo e em momento nenhum mostrou-se satisfeita com a segunda colocação.

Apoiada pela torcida, mais uma vez uma arma importantíssima, a Alemanha precisou de apenas 4 minutos para abrir o placar. Após bate-rebate na área do Equador, Schweinsteiger pegou a sobra na direita e rolou para trás. Klose bateu cruzado e marcou o primeiro gol do jogo.

Com uma forte marcação no meio-campo, o time alemão não deu a menor chance ao Equador no primeiro tempo. O segundo gol poderia até ter saído mais cedo, mas ficou guardado para os 44min. Ballack recebeu na entrada da área e, em grande estilo, deu um leve toque por cima da defesa equatoriana. Klose trombou com o goleiro, ganhou a disputa e ficou com o gol aberto para marcar.

O Equador voltou mais animado para a etapa final, mas levou um banho de água fria com o terceiro gol alemão, aos 12min, num contra-ataque mortal da Alemanha. Schweinsteiger lançou Schneider, que partiu em velocidade pela direita. Podolski fechou pelo meio da área, aproveitou o cruzamento à meia altura e bateu de primeira.

Sem espaço para jogar, o time sul-americano investiu em chutes de fora da área para tentar descontar. Até que levou algum perigo, mas o goleiro Lehmann mostrou segurança e fez duas boas defesas nos chutes de Valencia e Méndez.

Com o placar praticamente fechado, as duas equipes começaram a pensar nas oitavas-de-final. Além de movimentar alguns reservas, o Equador tiro de campo o meia Valencia, que tinha recebido um cartão. A Alemanha deu folga a Schneider e Frings, os dois mais sacrificados no meio-campo, e ainda deu mais uma chance a Neuville, que tinha ido bem contra a Polônia. Em ritmo lento, os dois times ainda apareceram bem em chutes de longe, mas os dois goleiros seguraram o marcador.

Veja como foi o jogo no Placar US. Veja também no Trivela.com

ALEMANHA 3 X 0 EQUADOR

Data: 20/06/06 (segunda-feira)

Local: Olympiastadion, em Berlim-ALE

Árbitro: Valentin Ivanov (RUS)

Público: 72.000 torcedores

Cartões amarelos: Valencia e Borowski

Gols: Klose 4min e 44min do primeiro tempo; Podolski 12min do segundo tempo

Alemanha: Lehmann, Friedrich, Huth, Mertesacker e Lahm; Schneider (Asamoah), Frings (Borowski), Ballack e Schweinsteiger; Podolski e Klose (Neuville). Técnico: Jurgen Klinsmann

Equador: Mora, De la Cruz, Guagua, Espinoza e Ambrosi; Ayovi (Urrutia), Edwin Tenorio, Méndez e Valencia (Lara); Kaviedes e Borja (Benitez). Técnico: Luis Fernando Suárez.

Notícias relacionadas