Alckmin e Cesar Maia já falam em ampliar aliança para eleição presidencial - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

24/03/2006


Alckmin e Cesar Maia já

Embora a aliança entre PFL e PSDB para campanha eleitoral ainda nem tenha sido formalizada, o governador tucano de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito do Rio de Janeiro, o pefelista Cesar Maia, já falam até em atrair mais aliados.

“Entendo que, podendo, devemos ampliar até a aliança, buscar outros partidos no campo da oposição no sentido de fortalecer a aliança”, disse o governador, que visita nesta sexta-feira as obras do estádio olímpico do bairro de Engenho de Dentro, que será usado nos Jogos Pan-americanos de 2007.

Na véspera, o governador já havia afirmado que queria unir as oposições contra a esperada candidatura à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O prefeito do Rio, que garantiu não disputar as eleições deste ano, reafirmou a intenção de apoiar o candidato do PSDB ao Planalto.

“Estou inteiramente à disposição. O PFL do Rio é o soldado da campanha do governador Geraldo Alckmin”, disse Maia. Os dois vão almoçar no centro de tradições nordestinas em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio de Janeiro. “Ele vai entrar em campanha no Nordeste aqui pelo Rio de Janeiro”, afirmou o prefeito.

Na quinta-feira, o presidente do PFL, senador Jorge Bornhausen, disse que caberia a Alckmin decidir o papel do partido nas eleições deste ano.

Sobre a eventual candidatura do prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB), ao governo paulista, Alckmin disse: “Apóio, acho que podemos ter um grande candidato a governador.”

Notícias relacionadas