AL homenageia Dejinha de Monteiro com a medalha Augusto dos Anjos - WSCOM

menu

Entretenimento

25/07/2009


AL homenageia Dejinha de Monteiro

O cantor e compositor, Dejinha de Monteiro, receberá nos próximos dias a Medalha Augusto dos Anjos, maior comenda que a Assembleia Legislativa da Paraíba concede àqueles que contribuem a área cultural do Estado. A autoria da propositura, aprovada por unanimidade, foi do deputado João Henrique (DEM).

O deputado justificou sua proposta dizendo que Dejinha é um verdadeiro representante da cultura nordestina, paraibana e, acima de tudo, da região do Cariri, por isso é muito justo fazer esta homenagem a um artista que tão bem representa a sua terra.

Em 2009, Dejinha de Monteiro completa 35 anos de carreira. “Ele é hoje reconhecido, um representante autêntico de nossa cultura e tem orgulho da sua terra, preservando sempre suas origens, por isso faço esta justa homenagem, concedendo-lhe a maior homenagem da Assembléia Legislativa da Paraíba”, disse o deputado.

Perfil

Dejinha de Monteiro, nascido no município de Monteiro-PB, é filho de Sebastião Bispo Lourenço e Justina Maria da Conceição.

Quando criança, o seu brinquedo preferido era uma sanfona feita de palha de carnaúba, despertando todo esse interesse, iniciou no mundo da música aos 14 anos de idade, tendo como instrumento principal o acordeom. Assim, começou em uma carreira brilhante de composições, em pouco tempo já tocava nas festas da região. Era admirado por muitos, devido a sua pouca idade.

Aos 16 anos foi para o Rio de Janeiro em busca de novos horizontes, se apresentou na Rádio GLOBO e Rádio NACIONAL, em seguida vieram os convites para tocar nas melhores casas de shows do Rio de Janeiro, ao lado de grandes nomes da música como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Os três do Nordeste, Luiz Vieira, As Irmãs Galvão, entre outros.

Além de instrumentista, o cantor e compositor produziu grandes trabalhos artísticos como o CD da Banda Magníficos.

Depois de longos anos de experiência, o cantor Dejinha de Monteiro lança o seu primeiro trabalho no mercado nacional pela gravadora Polydisc, “Você e a Lua” foi o título do seu primeiro disco. Logo depois vieram outros trabalhos independentes que tiveram boa repercussão.

Em 1999 Dejinha assina contrato com a gravadora SOMZOOM, que teve lançamento em todo Brasil através da SOMZOOM SAT, emissora ligada a mais de 90 rádios no Brasil.

Em 2009, Dejinha de Monteiro completa 35 anos de carreira, somando 22 discos no mercado fonográfico. Ele é hoje reconhecido, um autêntico representante de nossa cultura e tem orgulho da sua terra, preservando sempre suas origens, e agradece a DEUS por sua riqueza, que são aquelas pessoas que acreditam no seu trabalho.

Notícias relacionadas