Agra decreta estado de emergência; três mil pessoas podem ser removidas - WSCOM

menu

Paraíba

19/04/2011


Agra decreta emergência em áreas de JP

áreas de risco

Foto: autor desconhecido.

Um decreto de estado de emergência, que passa a valer para as áreas de risco mais críticas de João Pessoa, será assinado nesta terça-feira (19) pelo prefeito Luciano Agra, no Centro Administrativo Municipal (CAM), no bairro de Água Fria.

O estado de emergência vai abranger inicialmente as comunidades existentes no baixo e médio vale do Rio Jaguaribe: bairro São José, comunidade Chatuba em Manaíra, Boa Esperança no Cristo, comunidades Santa Clara e São Rafael no Castelo Branco, Tito Silva em Miramar, Saturnino de Brito no bairro das Trincheiras e comunidade da rua José Eduardo de Holanda, no Cabo Branco. Todas apresentam riscos de alagamento, mas estas duas últimas apresentam riscos também de deslizamento de barreiras.

A decisão foi tomada em reunião na última sexta-feira, 15, com a equipe de trabalho montada pelo prefeito com o objetivo de apresentar um “Plano de Contingência da Cidade de João Pessoa” para atender a população durante o período de chuva.

O decreto de emergência vai permitir mobilizar todo o Sistema Nacional de Defesa Civil, no âmbito do município, convocar voluntários para reforçar as ações de auxílio e ajuda aos eventuais desabrigados e firmar contratos de caráter emergencial para “aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre”.

Segundo a secretária de Planejamento da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), Estelizabel Bezerra, cerca de três mil pessoas estão hoje em áreas de risco e estão sujeitas a eventuais remoções das áreas atingidas para abrigos provisórios.

Notícias relacionadas