Agente penitenciário é suspeito de matar estudante em Cruz das Armas - WSCOM

menu

Policial

29/03/2006


Agente penitenciário é suspeito de

Um agente penitenciário identificado por Geraldo está sendo apontado pela família da estudante Ana Emanuelle Honorato dos Santos, 23 anos, como um dos suspeitos do assassinato da jovem, ocorrido na noite desta terça-feira na rua José Tavares, Bairro de Cruz das Armas.

O crime aconteceu nas proximidades da Escola Estadual Papa João Paulo VI quando Ana Emanuelle chegava no educandário onde estudava. Segundo testemunhas a jovem foi abordada por dois homens em uma moto vermelha, que conversaram com ela por alguns minutos e depois o carona deu dois disparos contra a estudante que atingiram o pescoço e o ouvido de Emanuelle.

A dupla de criminosos fugiu em alta velocidade, no entanto, como ainda era cedo, os dois foram reconhecidos por algumas pessoas. A polícia suspeita de acerto de contas ou vingança devido ao envolvimento da jovem com a marginalidade.

Ana já havia namorado o perigoso assaltante Genildo Fábio Crispim, mais conhecido com “Pinino”, que está preso desde o ano passado em um dos presídios da Capital.

Segundo familiares da jovem estudante, o agente penitenciário Geraldo, que trabalha no Presídio do Roger, teria jurado de morte a jovem. O motivo teria sido a morte de um parente de Geraldo que ele teria dito que a jovem fora a pivô do crime.

“Pinino”, com quem Ana tivera um romance, foi preso em agosto do ano passado depois de meses de uma verdadeira caça ao bandido e ao seu bando que aterrorizou a cidade de João Pessoa realizando assaltos, seqüestros-relâmpagos, homicídios e invasões a residências.

Notícias relacionadas