Advogada é vítima de seqüestro em Catolé do Rocha - WSCOM

menu

Policial

29/08/2005


Advogada é vítima de seqüestro

A polícia localizou na manhã desta segunda-feira na cidade de Martins, no Rio Grande do Norte, o veículo Fox Sedam, de cor preta, placa MOE 5105, que havia sido tomado da advogada Edvânia Fernandes de Sousa, 29 anos, casada, residente na Rua Angelina Mariz Maria, em Catolé do Rocha.

A advogada Edvânia Fernandes foi vítima de seqüestro relâmpago em Catolé do Rocha praticado por três homens na noite do último sábado quando se dirigia para sua casa. Ela estava no veículo pertencente ao advogado Osni Nunes (esposo da vítima).

Na queixa prestada na Delegacia de Catolé do Rocha ela contou que após andarem por várias horas os sequestradores resolveram abandoná-la em um matagal próximo ao sítio “Rancho do Povo”, naquele município, levando o veículo em seguida.

Após a fuga dos sequestradores, a advogada manteve contato com seu esposo, o advogado Osni Nunes, que comunicou o fato as Polícias Civil e Militar. Uma viatura da PM esteve no local.

Segundo informações, os assaltantes teriam seguido com destino á cidade de Patu/RN. Os policias entraram em diligências, no entanto, até o fechamento desta matéria, não tinham obtido êxito.

O delegado Aneilton Castro dos Santos Silva, de Catolé do Rocha, disse que já instaurou inquérito policial para apurar o seqüestro. Ele vai ouvir a advogada e tentar fazer o retrato falado dos três homens que praticaram o crime.

Notícias relacionadas