Adalberto Fulgênio propõe chapa única na eleição do PT e não crê em Impeachment - WSCOM

menu

Política

13/08/2005


Adalberto Fulgênio propõe chapa única

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Adalberto Fulgêncio, propôs em entrevista ao WSCOM Online, que os sete candidatos a presidente nas eleições de setembro criem consenso e definam uma única chapa. Para o dirigente, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, não sofrerá Impeachment em face do apoio popular ao líder petista.

– A excepcionalidade do cenário vivida pelo PT nos remete a propor que os sete candidatos sentem e pactuem uma nova realidade na disputa com a construção de uma única candidatura como forma de contribuir para uma unidade e reconstrução partidária – declarou.

Para o presidente estadual petista, “a realidade tem produzido problemas em alta escala, portanto, neste momento estamos a necessitar de um novo processo, que no meu entendimento passa por uma proposta de unidade entre os candidatos”.

Impeachment – O dirigente não acredita que, diante da crise nacional, o estágio futuro passe pelo Impeachment do presidente Lula.

– Um processo de impedimento passa por embasamento juridico e respaldo popular – afirmou o presidente petista adiantando que “nem numa condição nem na outra há sustentação”. Para ele, a Oposição e setores dfa midia é que buscam criar essa onda.

Notícias relacionadas