Acusado de matar homem por conta de um esbarrão é preso em Campina Grande - WSCOM

menu

Policial

31/10/2018


Acusado de matar homem por conta de um esbarrão é preso em Campina Grande

Foto: autor desconhecido.

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (31), um jovem acusado de praticar homicídio na cidade de Campina Grande, no interior da Paraíba.  Emanuel Messias da Silva Pinheiro, de 19 anos, é apontado pelos investigadores como o responsável pela morte de José Flávio de Melo Costa. O crime ocorreu no dia 3 de junho deste ano, na feira central da cidade.

Segundo a delegada de Homicídios de Campina Grande, Ellem Maria Ferreira de Sousa, o crime ocorreu após um esbarrão. Houve uma  intensa discussão entre vítima e acusado e, durante o “bate-boca”, Emanuel ficou revoltado e passou a golpear José Flávio com uma faca.

Após o crime, Emanuel fugiu do local.  Testemunhas ainda tentaram socorrer a vítima, que chegou a ser levada com vida para o hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

O inquérito policial já foi concluído e encaminhado para a Justiça, onde está tramitando.  Ao analisar os fatos, o 2º Tribunal de Júri de Campina Grande decidiu decretar a prisão preventiva do acusado, por entender que a liberdade dele representa algum risco para o andamento do processo, para o cumprimento da pena ou para resguardar  a segurança das testemunhas.

Emanuel se encontra custodiado na Central de Polícia, em Campina Grande, mas será apresentado ao juiz durante a audiência de custódia, que irá decidir para qual presídio ele será levado, no qual deverá permancer até ocorrer nova decisão judicial.