Ações judiciais vão tentar barrar aumento de energia; reajuste entrou em vigor n - WSCOM

menu

Economia & Negócios

29/08/2005


Ações judiciais vão tentar barrar

Quatro ações vão tentar barrar, hoje, o aumento de energia elétrica que passou a vigorar neste domingo, 28. O reajuste autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é de 14,26%.

O presidente da Câmara de Vereadores da Capital, Severino Paiva, entrará com pedido de liminar sob o argumento de que o índice autorizado a Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba é maior do que o que foi repassado a maioria das concessionárias dos estados vizinhos.

‘Desse jeito muitos paraibanos vão ter que voltar a usar lampião’, aposta Paiva.

Os Procons municipais e Estaduais e o Ministério Público Estadual também vão entrar na Justiça contra o reajuste da tarifa.

As ações contra a empresa deverão ser julgadas ainda esta semana e se tiverem resultado a Saelpa e a Aneel terão que justificar os motivos desse aumento.

Notícias relacionadas