Acidente de avião foi "montanha russa infernal", diz passageiro - WSCOM

menu

Internacional

03/08/2005


Acidente de avião foi "montanha

O air bus A-340, que chegava de Paris, aterrissou na pista do aeroporto Internacional Pearson durante uma tempestade. Os passageiros afirmaram que viam relâmpagos enquanto o avião descia.

“A luz do avião foi cortada pouco antes da aterrissagem. Estávamos descendo em grande velocidade. A energia se cortou completamente (…) um minuto antes do choque”, afirmou Olivier Dubois.

O piloto parecia não poder deter o avião, que se chocou contra um barranco de 200 metros ao redor da pista e se cobriu de chamas, afirmou Roel Bramar, outro passageiro. “Parecia que o piloto não conseguia frear o suficiente”, afirmou.

“Acredito que ao final [da pista]…nos chocamos contra um barranco e o avião se deteve abruptamente”, acrescentou. “‘Estivemos em uma montanha russa infernal diante de um barranco”, afirmou.

Emergência

Segundo Dubois, até este momento, não houve mensagem de emergência da tripulação. “Não houve momento para que acontecesse uma mensagem deste tipo. Creio que a tripulação estava tão surpresa quanto nós”, disse.

Logo que o avião parou, a tripulação abriu as portas da parte dianteira do avião e colocou escadas de emergência “muito, muito rápido”, contou Dubois.

“As pessoas choravam e gritavam de pânico. Ainda bem que todos correram rapidamente para as saídas de emergência. Todos saíram o mais rápido possível e correram para todos os lados. O medo era que o avião explodisse”, acrescentou.

Não houve mortos em decorrência do acidente, que deixou apenas 22 pessoas levemente feridas, segundo autoridades do aeroporto.

“Corremos realmente muito rápido”, disse Dubois. “Tínhamos medo, muito medo”.

Notícias relacionadas