70% dos recursos do país são destinados para dívidas, diz presidente do Conselho - WSCOM

menu

Economia & Negócios

16/08/2005


70% dos recursos do país

O presidente do Conselho Federal de Economia, Sidney Pascotto, afirmou em entrevista ao programa Abra o Jogo que a crise política brasileira se reflete nos índices econômicos do país. Segundo Pascotto, cerca de 70% dos recursos federais são todos destinados ao pagamento de dívidas.

Ele acrescentou que o papel do economista nesse contexto é esclarecer a realidade econômica e as formas como esses recursos são usados. “Antes, os números eram manipulados de acordo com a conveniência dos meios de comunicação, e hoje a Economia é manchete nos principais jornais do país”, explicou.

Pascotto ainda fez críticas à postura do presidente Luis Inácio Lula da Silva, e sua equipe de governo, que minimizou a produção intelectual. Ele defende o afastamento do presidente ao primeiro indício de corrupção envolvendo o seu nome.

“Chamamos a atenção para o fato de Lula ser filho de operário não fazer dele uma pessoa inocente e não poupa de uma possibilidade de impeachment. O povo brasileiro está muito decepcionado com essa realidade”, disse.

Ele defendeu que os profissionais de Economia saiam dos casulos e possam mostrar que o Brasil tem alternativas. “A gente está assistindo uma pressão no sentido de tirar a força científica da Economia no ensino de 3º grau. Eles estão preocupados em fazer de nós meros tecnólogos e operadores de políticas. Estamos fazendo um embate. A Paraíba cumpre esse papel, sendo um estado com história na qualificação profissional e discussão dos problemas nacionais e vamos fazer uma plenária do Conselho Federal aqui na Paraíba em setembro”, disse.

Notícias relacionadas