Justiça nega 2º pedido de prisão contra zelador do GEO e MP recorre ao TJ - WSCOM

menu

Policial

13/03/2019


Justiça nega 2º pedido de prisão contra zelador do GEO e MP recorre ao TJ

Fórum Criminal de João Pessoa

O juiz Adilson Fabrício, da 1ª Vara Criminal da Capital, negou nesta quarta-feira (13) o segundo pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público contra o ex-zelador do colégio GEO acusado de violência sexual contra crianças dentro do banheiro do colégio.

O primeiro pedido foi feito no momento da denúncia e também havia sido negado pela justiça. Segundo o juiz, não há fato novo que justifique a prisão do mesmo, já que medidas cautelares já foram aplicadas.

MP entra com recurso

Após a segunda negativa, a promotora de Justiça Adriana de França, que atua no processo criminal, informou que não vai conceder entrevista sobre o assunto, uma vez que o caso está sob segredo de Justiça por envolver menores de 18 anos de idade. No entanto, a Promotoria de Justiça Criminal de João Pessoa ingressou, nesta quarta- feira (13), com recurso no Tribunal de Justiça.

Caso

O zelador e três adolescentes estão sendo acusados de violência sexual contra três crianças. O caso está dividido entre a Vara da Infância e da Juventude e a 1º Vara Criminal de João Pessoa.

Por Redação / Portal WSCOM