Exército trabalha para chegada de medicamentos e produtos para tratar água na PB - WSCOM

menu

Paraíba

29/05/2018


Exército trabalha para chegada de medicamentos e produtos para tratar água na PB

Foto: autor desconhecido.

1º Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro afirmou através de nota, nesta terça-feira (29), que trabalha para a chegada de itens de saúde, gêneros alimentícios e produtos químicos para tratamento da água na Paraíba. O transporte deve ser feito com escoltas também da Polícia Militar da Paraíba.

O Exército atua desde o dia 25 com a escolta dos produtos essenciais no Estado, e reiterou o cumprimento de suas ‘missões constitucionais’.

Leia:

‘SOBRE A ATUAÇÃO DO EXÉRCITO NA PARAÍBA

Desde a assinatura do Decreto nº 9.382, de 25 de Maio de 2018, que autoriza o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no contexto da atual paralisação dos caminhoneiros, o Exército Brasileiro vem atuando, de forma integrada, com diversos órgãos e instituições, federais e estaduais, imprimindo esforços conjuntos para que, apesar do cenário de restrições, as atividades cotidianas da população prossigam o mais próximo possível da normalidade.

Dentre as ações previstas para o Estado da Paraíba, o Exército vem realizando escoltas de veículos que transportam produtos essenciais, como combustível de aviação, para aeroportos, e distribuição de GLP (gás de cozinha), em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal. Em fase de planejamento, está a segurança para o transporte de itens de saúde, gêneros alimentícios e produtos químicos para tratamento de água. Ações essas que também contarão com a participação da Polícia Militar da Paraíba. É importante destacar que onde estiver a nossa escolta, certamente estará sendo transportado um gênero de vital importância.

Firme no cumprimento de suas missões constitucionais, o Exército Brasileiro segue atento aos desdobramentos do cenário atual, bem como às necessidades da população, privilegiando soluções pacíficas, por vias de negociação. Esperamos, ainda, poder contar com a colaboração de todos, especialmente daqueles que possam contribuir, de alguma forma, para o restabelecimento da normalidade.’

Notícias relacionadas