Neymar marca, mas azarão vira e elimina PSG da Copa da Liga Francesa

© Marko Djurica / Reuters

O Paris Saint-Germain amargou seu primeiro vexame na temporada. Nesta quarta-feira (9), a equipe de Neymar saiu na frente, mas levou a virada do Guingamp, lanterna do Campeonato Francês, e perdeu por 2 a 1 em pleno Parque dos Príncipes.

O resultado custou a eliminação para o PSG nas quartas de final da Copa da Liga Francesa. O brasileiro fez o gol dos donos da casa, enquanto Ngbakoto e Thuram marcaram para os visitantes. Classificado à semi, o Guingamp se junta a Strasbourg, que eliminou o Lyon, Monaco, que bateu o Renners, e Bordeaux, que levou a melhor conra o Le Havre.

 

Pelo Campeonato Francês, o líder PSG visita o Amiens no próximo sábado (12), enquanto o Guingamp, lanterna da competição, recebe o Saint Étienne no mesmo dia.

 

Como já era esperado, o PSG tomou conta da posse de bola no primeiro tempo e pressionou o adversário. Algumas das jogadas de perigo saíram dos pés de Neymar, mas os donos da casa assustaram pouco.

 

Entre as principais jogadas, Mbappé acertou a trave logo aos dois minutos. Depois, Diaby completou belo lançamento do camisa 10, mas chutou para fora. Di María ainda bateu por cima do gol, e Mbappé perdeu chance dentro da área na reta final. O Guingamp assustou no começo do segundo tempo com Coco, mas a melhor chance veio mais tarde. Aos 13 minutos, Meunier cometeu pênalti em Blas. Thuram foi para a bola, mas mandou muito longe do gol.

 

O gol perdido custou caro para os visitantes. Pouco mais de um minuto depois, Meunier se redimiu do pênalti e cruzou na medida para Neymar escorar de cabeça e marcar. Com o gol, o camisa 10 chegou aos 46 com a camisa do PSG e igualou Lucas Moura como 14º maior artilheiro da história do clube.

 

Cavani começou a partida no banco, mas entrou no começo do segundo tempo no lugar de Di María. Quando o PSG já vencia por 1 a 0, Cavani perdeu gol feito. Ele bateu de primeira após cruzamento rasteiro da esquerda, mas mandou para fora na entrada da pequena área.

 

Então, o Guingamp foi para cima. Os visitantes tiveram mais uma penalidade, após Bernat derrubar Coco na área. Desta vez, Ngbakoto, que tinha entrado pouco tempo antes, bateu no canto e empatou o jogo. Já nos acréscimos, Thuram foi derrubado na área em mais um pênalti. O próprio foi para a bola e não desperdiçou desta vez. No fim, o PSG ainda pediu penalidade a seu favor, mas a arbitragem mandou seguir.

 

Com informações da Folhapress