menu

Política

10/09/2019


“Não tem mais cura”, afirma Adriano Galdino sobre relação entre João Azevêdo e Ricardo Coutinho

Segundo o deputado, existia uma relação de confiança entre os dois que foi quebrada.

Na imagem, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino.

“Não tem mais cura”. Foi com essa frase que o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), decretou, na noite desta segunda-feira (9), o fim da relação entre o atual chefe do Executivo Estadual, o governador João Azevêdo, e o ex-governador Ricardo Coutinho. 

 

De acordo com Galdino, existia uma relação de confiança entre os dois que foi quebrada e, segundo o parlamentar, uma vez quebrada, “eles estão praticamente rompidos”. “Um não confia mais no outro”, afirmou o deputado durante entrevista a uma emissora de TV local e completou.

 

“Isso é ruim para a Paraíba e para os paraibanos. Se não há confiança, não há como manter a relação”, concluiu.

 

Azevêdo e Rosas machucados

 

Ainda segundo Galdino, Ricardo “gosta de machucar”. Questionado se ele já téria sido “machucado” pelo ex-governador, o parlamentar disse que sim e que “talvez seja o único do PSB que não tenha mágoa de Ricardo”, revelando que todos do partido sofreram com a experiência, porém, segundo ele, essa questão já foi superada e não existe mais “rusgas” entre os dois.

 

LEIA MAIS: Em Carta ao PSB, Azevêdo, Galdino e 23 diretorianos dizem que não aceitam dissolução e recusam Comissão Provisória; confira o documento

 


Da Redação
Portal WSCOM