menu

Policial

19/07/2019


Mulher é condenada por danificar cerca elétrica ao tentar entrar com celular em cadeia na Paraíba

O juiz Jailson Shizue Suassuna, da Comarca de Bananeiras, condenou uma mulher a 1 ano e dois meses de detenção e 23 dias-multa, por de ter danificado a cerca elétrica da cadeia pública local quando tentou promover a entrada de um aparelho telefônico celular, sem autorização. Ela foi incursa por deterioração de coisa alheia e facilitação de entrada de aparelho celular em estabelecimento prisional.

De acordo com a denúncia, a ré foi presa em flagrante no dia 8 de janeiro de 2016. Em depoimento na polícia, ela afirmou que são verdadeiras as imputações que lhe foram feitas. Disse que o celular era para chegar as mãos de seu namorado e apenado, mas que os planos deram errado. Na tentativa, acabou danificando parte da cerca elétrica da cadeia, sem que o celular conseguisse cair dentro do estabelecimento prisional. Já em juízo apresentou nova versão não condizente com as demais provas.

Em audiência de instrução e julgamento foram ouvidas testemunhas que confirmaram o delito praticado pela ré. “A materialidade e autoria estão perfeitamente demonstradas, conforme os autos de prisão em flagrante, bem como os demais documentos que instruem a peça inquisitorial”, destacou a sentença.

A pena aplicada pelo juiz foi substituída por prestação de serviços à comunidade durante o prazo da condenação, por sete horas semanais e prestação pecuniária de um salário mínimo.

Portal WSCOM