menu

Paraíba

23/08/2019


Morre de infarto fulminante, Beneval Andrade, ex-programador musical das rádios Tabajara e Arapuan FM

Beneval Andrade era um dos programadores musicais mais experientes da Paraíba

Morreu na tarde desta sexta-feira (23) o programador musical Beneval Andrade, vítima de um infarto fulminante. Ele estava trabalhando na Rádio Arapuan FM quando sentiu-se mal. Foi socorrido, mas não resistiu ao dar entrada na unidade hospitalar.

Beneval Andrade, mais conhecido como Bené Anderson, era um dos mais conhecidos e antigos programadores musicais de João Pessoa em atividade. O velório acontecerá neste sábado (23), a partir das 9 horas, na Central São João Batista. O horário do sepultamento ainda não foi anunciado pelos familiares.

Bené Anderson começou no rádio na Tajabara comandada por seu amigo e ex-diretor Roberto Carlos Oliveira.

O empresário João Gregório, proprietário do Sistema Arapuan de Comunicação, lamentou a morte de Beneval Andrade. “Era excelente pessoa e profissional”, comentou.


Portal WSCOM

O adeus de Beneval Andrade, o veterano amigo de Roberto Carlos se eternizou na ARAPUAN FM

Por Walter Santos

Quem é do ramo e já tem quilômetros de estradas na vida sabe o valor da experiência acumulada, da sabedoria popular mas, sobretudo, da densidade ampliada e do saldo de vida de um líder na sua profissão. Sem tirar nem por este conceito se enquadra como uma luva na história de Beneval Andrade, 70 anos, o mais importante programador da ARAPUAN FM – de 70 anos, de João Pessoa , hoje encantado com infarto fulminante à tarde quando estava na empresa.

Há uma dor silenciosa em cada um dos que conviveu com Bené Anderson, apelido dado a ele pelo mais importante diretor de rádio da Paraíba de todos os tempos, de nome Roberto Carlos de Oliveira , outro craque sem igual na radiofonia e no mundo multimídia.

Bené deixou a Tabajara para assumir a programação musical da ARAPUAN FM no início dos anos 90 quando a emissora passou a ser comandada por João Gregório, outra fera do pedaço. JG, sabido, identificou em Bené a figura estratégica para fazer sua emissora disputar a pole position musical. E foi.

FUMANTE INVETERADO

Beneval Andrade aprendeu com Roberto a selecionar a famosa Play List com toque de sensibilidade para poucos. Não é programar qualquer música, é identificar as que podem sensibilizar os ouvintes. Assim virou craque dos craques.

Fumante caipora, Bené não fazia mal a não ser a si próprio de tanto tratar para segurar a onda de um cidadão de bem por toda a vida.

Sei lá, agora com a viagem programada para perto de Roberto, Carlos Roberto, Ivan Thomaz, Geraldo Cavalcanti ele agora terá a paz de que merece tanto.

Viva Beneval Andrade!