menu

Paraíba

25/03/2013


JP: Miguel Nicolelis participa de Fórum

Tecnologia

 O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, diretor do laboratório de neuroengenharia da Universidade de Duke (EUA), está em João Pessoa nesta segunda-feira (25) participando da reabertura do Fórum Universitário 2013. Às 19h30 ele irá proferir a palestra “A Ciência como Agente de Transformação Social”, no auditório da Reitoria, no Campus I. O fórum promovido pela reitoria tem como finalidade debater assuntos que venham gerando discussão na sociedade brasileira.

Nicolelis tornou-se mais conhecido no Brasil após a notícia de que em 2014, um adolescente tetraplégico dará o pontapé inicial da Copa do Mundo usando um exoesqueleto. O neurocientista trabalha no “The Walk Again Project” e é um dos responsáveis pelo projeto que envolve a criação de uma veste robótica para transformar sinais cerebrais em movimentos.

De acordo com o neurocientista o projeto para a Copa é realmente viável e que, como o trabalho vem seguindo dentro do cronograma estabelecido, será possível fazer essa demonstração para o mundo inteiro. “O que nos queremos na abertura da Copa, é uma demonstração dessa nova terapia que a gente chamou de interface cérebro-máquina. É literalmente um primeiro passo para mostrar para o mundo que essa técnica é viável e que nos podemos pensar em transformar as cadeiras de rodas em objetos obsoletos em nossa sociedade. Na verdade, ela é uma demonstração técnica da viabilidade dessa ideia”, explica.

Miguel Angelo Laporta Nicolelis é um médico e cientista brasileiro formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Considerado um dos 20 maiores cientistas do mundo no começo da década passada, segundo a revista "Scientific American", o paulistano mudou-se para os Estados Unidos em 1989 e desde 1994 dirige o laboratório de neuroengenharia da Universidade Duke. Seu prestígio cresceu bastante nos últimos anos, principalmente graças às pesquisas com o que ele batizou de interfaces cérebro-máquina (ICM).