menu

Política

11/04/2019


Manoel Jr. não descarta candidatura a prefeito: ‘Sempre foi um sonho governar a maior cidade do Estado’

Durante solenidade, Manoel Júnior não escondeu o desejo de ser prefeito da Capital

Na imagem, Manoel Júnior ao lado do presidente nacional da sigla, o deputado federal Paulinho da Força

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, durante a convenção estadual do Partido Solidariedade, na manha desta quinta-feira (11), não escondeu o seu desejo de governar a maior cidade do Estado. Tratando o seu desejo como ‘um sonho próximo’, o gestor municipal anunciou que é só questão de “tempo e da hora” isso acontecer. 

 

“Sempre foi um desejo meu, um sonho. Fui prefeito três vezes da minha terra natal e gostaria de governar a maior cidade do estado para fazer aquilo que acumulei como vice-prefeito, deputado estadual e federal, mas não depende só de Manoel Junior e do Solidariedade, vai depender do tempo e da hora”, declarou.

 

Questionado sobre o seu relacionamento com o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, o qual seria um forte aliado na construção desse sonho, o gestor foi breve afirmando apenas que ambos ‘estão discutindo essa possibilidade’.

 

NOVA MISSÃO

Manoel, que deixou recentemente o PSC, afirmou que a sua missão no Solidariedade será a de preparar a legenda para as eleições municipais em 2020, tanto na região metropolitana de João Pessoa, com representantes em Bayeux, Santa Rita e Cabedelo, além de Campina Grande, citando também as pequenas cidades paraibanas no Sertão do Estado.

 

“Vou tentar dar o melhor de mim para fazer o partido grande, como fiz com o PSDB, que peguei incipiente e deixei estruturado”, concluiu.