menu

Política

07/02/2013


Código de trânsito: Manoel desta PRF

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP) e o relator do novo Código de Trânsito Brasileiro (PL 2872/2008), deputado Manoel Junior (PMDB/PB), lançaram esta semana em Brasília, a campanha publicitária para redução de acidentes de trânsito durante o Carnaval.

 

O evento reuniu representantes da Polícia Rodoviária Federal, do Departamento Nacional de Trânsito, da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos e o deputado Hugo Leal (PSC-RJ).

 

A campanha faz parte das ações do Pacto Nacional para Redução de Acidentes – Um Pacto pela Vida. Lançado em maio de 2011 pelo Governo Federal, o Pacto busca reduzir as mortes no trânsito, que chegam a 42 mil por ano. É a resposta do Brasil à Organização das Nações Unidas (ONU), que proclamou o período de 2011 a 2020, como a Década Mundial de Ações para Segurança no Trânsito.

 

Segundo Manoel Junior, o tema da campanha de Carnaval é “Bebida e direção. Deixe essa mistura fora da festa”. O objetivo é incentivar as pessoas que beberem a voltarem de carona, ônibus ou táxi, mas nunca dirigindo. Com linguagem voltada para as festas nessa época, as peças publicitárias chamam atenção para as consequências do ato de dirigir após a ingestão de bebidas alcoólicas.

 

Em seu pronunciamento, Manoel Junior alertou para a importância de se abolir o consumo de álcool antes de dirigir. “Precisamos nos unir para dar um basta nesta triste realidade que mata em média 10 mil jovens por ano em nosso País”, lamentou Manoel Junior.

 

Mas, para Manoel Junior, não é só somente o consumo de álcool, mas também, a imprudência, a falta de responsabilização e a impunidade que contribuem para o aumento alarmante da violência do trânsito no Brasil. “É preciso implementar políticas de prevenção, fiscalização e punição como forma de coibir os acessos, o consumo de álcool e as imprudências no transito”, alertou.

 

“A indisciplina e a certeza da impunidade contribuíram consideravelmente para que atingíssemos esses números, mas esta realidade precisa mudar urgentemente”, defendeu o parlamentar. “Como médico, ajudei a salvar a vida de muitas vítimas de acidentes de trânsito e agora, como relator do novo código, também quero dar a minha contribuição, no sentido de diminuirmos a violência no trânsito em nosso País”.

 

PRF:

 

Em entrevista à imprensa, Manoel Junior disse que pretende realizar seminários em todas as regiões do País para discutir a revisão do novo código e falou da importância dos órgãos de transito e da Polícia Rodoviária Federal participar deste projeto. “O Congresso Nacional conta com a ajuda da PRF para que juntos, possamos melhorar o texto do novo Código de Trânsito Brasileiro”.

 

 

O deputado destaca o papel da PRF que além de fiscalizar diariamente os 61 mil quilômetros de rodovias e estradas federais, zelando pela vida de todos que transitam pela malha viária federal, colabora com a segurança pública, prevenindo e reprimindo o tráfico de armas e de drogas, assalto a ônibus e roubo de cargas, furto e roubo de veículos, tráfico de seres humanos, exploração sexual de menores, trabalho escravo, contrabando, descaminho e pirataria e crimes conta o meio ambiente.