menu

Cursos e Eventos

12/02/2013


Mangueira recebe Estandarte de Ouro

2013

 A Estação Primeira de Mangueira venceu o prêmio Estandarte de Ouro do Carnaval 2013, do jornal O Globo, por seu desfile no Grupo Especial do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (11). A agremiação da Zona Norte do Rio, que falou sobre a capital matogrossense Cuiabá, ficou, ainda, com o título de "Melhor Porta-Bandeira para Mercella Alves e de "Melhor Ala das Baianas".

A melhor comissão de frente foi a do Acadêmicos do Salgueiro, segunda escola a desfilar no domingo (10). O integrantes mostraram a "Nossa Divina Comédia da Fama", em que fotógrafos perseguiam, com bastante bom humor, as celebridades Amy Winehouse e Marylin Monroe, que disputavam uma vaga no programa de calouros do Chacrinha. Os jurados crticaram o uso excessivo de grandes tripés no começo da escola.

O Salgueiro arrematou, ainda, o título de "Melhor Enredo". A escola falou sobre a "Fama", com os carnavalescos Renato e Marcia Lage.

Neguinho da Beija Flor, que já se tornou um ícone do Carnaval, recebeu o título de "Melhor Intérprete". O cantor
O júri considerou o mestre-sala da Imperatriz Leopoldinense, Phielipe Lemos, o melhor da elite do carnaval carioca. O terceiro mestre sala da Mangueira, Matheus Faria, de apenas 14 anos, recebeu o Estandarte de Ouro como revelação do Carnaval 2013.

A maior campeã do Carnaval carioca, Portela, recebeu o título de melhor Bateria, que é comandada pelo mestre Nilo Sérgio. Tricampeã, a "Tabajara do Samba", como é conhecida, havia vencido na categoria em 2010 e 2012, sob o comando do mestre.

O título de "Personalidade do Ano" foi entregue a Zé Catimba, compositor fundador da Imperatriz Leopoldinense.
O samba-enredo da Vila Isabel foi considerado pelos jurados como o melhor da elite do Carnaval carioca. A azul e branco da Zona Norte do Rio desfilou com o enredo: "A Vila Canta o Brasil Celeiro do Mundo – Água no Feijão, que Chegou Mais um", comandado pela carnavalesca Rosa Magalhães. A composição é de Martinho da Vila, Arlindo Cruz, André Diniz, Leonel e Tunico da Vila.

A melhor passista feminina é Kelly Amaral, da Vila Isabel, segundo os jurados, que deram o prêmio na categoria masculina a Bruno Guilherme, da São Clemente.

A "Melhor Ala" foi para a União da Ilha do Governador, pela Ala Melodia, com a fantasia Menino de Ilha.