menu

Saúde

03/07/2019


Mais Médicos: 1.481 novos profissionais começam a atuar nos municípios

Imagem meramente ilustrativa/Mais Médicos

As pessoas que vivem nas áreas mais vulneráveis do Brasil terão um reforço na assistência à Atenção Primária pelo Programa Mais Médicos a partir deste mês de julho. Até o momento, 1.481 profissionais brasileiros já começaram a atuar nas unidades de saúde.

 Os médicos que tiveram as inscrições concluídas na 1ª fase do edital vigente tinham até o dia 28 de junho para se apresentarem nas cidades. Os números consolidados dos médicos homologados e a lista dos municípios com vagas preenchidas serão divulgados no dia 8 de julho.

Os municípios contemplados neste edital do Mais Médicos são de áreas historicamente com maiores dificuldades de acesso – a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas – e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Esta primeira fase do 18º ciclo do programa priorizou a participação de profissionais formados e habilitados com registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) do Brasil. Além disso, para garantir a imparcialidade na escolha de médicos qualificados, preferencialmente com perfil de atendimento para a Atenção Primária, o Ministério da Saúde estabeleceu critérios de classificação, como títulos de Especialista e/ou Residência Médica em Medicina da Família e Comunidade.

NOVAS INSCRIÇÕES

A nova seleção será destinada aos médicos brasileiros formados em instituições estrangeiras com habilitação para exercício da Medicina no exterior. Os profissionais interessados em aderir ao programa Mais Médicos terão entre os dias 8 e 12 de julho para fazer a inscrição, que será realizada, exclusivamente pela internet, através do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP), no site do programa: http://maismedicos.gov.br.

PRÓXIMAS ETAPAS

– 8 de julho: publicação da relação dos municípios com vagas remanescentes
– 8 a 10 de julho: inscrição de médicos brasileiros formados no exterior
– 12 a 16 de julho: indicação dos municípios pelos candidatos inscritos

Por Christiana Suppa, da Agência Saúde