menu

Educação

22/01/2013


Mãe bêbada morde professor em escola

Irracional

 Kelly Kociela, de 32 anos, foi expulsa de uma escola quando foi buscar os dois filhos, na cidade Bristol, na Inglaterra. Alcoolizada, a mãe mordeu o braço de um professor que tentou impedi-la de levar as crianças, relata o The Mirror.

Depois de já ter bebido quatro doses de cerveja e outras quatro de rum, Kelly havia ameaçado bater a cabeça a menos que ela pudesse entrar na escola. Quando o professor Matthew Cox tentou impedir que ela entrasse na escola, não deu outra: Kelly perdeu o controle e o mordeu.

A promotora Mary Aquilina disse ao juiz que Kelly era uma pessoa agressiva que havia sido separada das crianças. Kelly admitiu ter causado problema dentro da escola e ter tido um comportamento ameaçador.

A mãe foi sentenciada a dois anos de serviço comunitário, além de ter que pagar uma multa de cerca de R$ 320 (100 libras) e ser expulsa da escola.

Kelly já havia sido condenada quatro vezes por alcoolismo enquanto tomava conta das crianças. O advogado da mãe disse que ela estava mortificada por seu comportamento e que tinha parado com a bebedeira.

Por causa da expulsão, agora ela é obrigada a esperar pelos filhos nos portões da escola.