menu

Futebol

25/07/2019


Libertadores: Flamengo perde do Emelec no Equador e se complica nas oitavas de final

Gabriel foi o melhor do time, mas não conseguiu marcar (Foto: Franklin Jacome/Getty Images)

O Flamengo volta do Equador com uma grande dor de cabeça. Jogando com o Emelec pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, o time carioca não conseguiu se encontrar em campo, viu Diego sair de campo carregado pela maca e leva uma desvantagem de 2 a 0 no placar para reverter na partida de volta, no Rio de Janeiro.

PELA PRIMEIRA VEZ NA LIBERTADORES

Jorge Jesus, tão acostumado a disputar edições de Champions League, fez sua estreia na maior competição continental das Américas, a Libertadores. E ainda teve um gosto especial. Isso porque o técnico português completou 65 anos nesta quarta-feira.

MUDANÇAS NA ESCALAÇÃO

E Jorge Jesus novamente fez mudanças na equipe do Flamengo. Ele colocou Gerson mais atrás no meio-campo para construir as jogadas vindo de trás e inovou ao colocar Rafinha como ponta pela direita e Rodinei pela lateral.

RELACIONADO

Jorge Jesus cita discordância com empresário sobre Flamengo, revela três objetivos e quebra ‘mito do jogador brasileiro’

NÃO FUNCIONOU

E os planos do técnico para a equipe na primeira etapa não deram certo. As mudanças na escalação não funcionaram e o Flamengo teve muita dificuldade para criar jogadas. Para piorar, logo com 10 minutos, os equatorianos saíram na frente do placar. Cabezas cruzou da direita e a bola chegou em Guerrero na esquerda. Ele chutou para dentro da área onde Godoy, livre, chutou no cantinho, sem chances para Diego Alves.

COM UM A MAIS

Logo com oito minutos da segunda etapa, o Flamengo ficou com um jogador a mais em campo. Vega fez falta dura em Rafinha, acertou o rosto do lateral e recebeu o cartão vermelho. O Flamengo foi em busca do gol de empate. Arão em cabeçada e Lincoln livre na entrada da grande área desperdiçaram boas oportunidades.

PREOCUPAÇÃO COM DIEGO

E mais um motivo de preocupação para Jorge Jesus. Diego deixou o campo no segundo tempo sentindo muitas dores no tornozelo e teve de ser retirado pela maca após sofrer uma falta na entrada da área. O técnico já tinha feito as três substituições e o Flamengo ficou com 10 jogadores em campo.

COMPLICOU

E o que estava ruim ficou pior ainda. Em rápido contra-ataque, Guerrero ajeitou para Caicedo chegar batendo de primeira. A bola desviou em Renê e tirou qualquer possibilidade de defesa de Diego Alves.

Péssimo resultado para o Flamengo, que precisará reverter uma grande desvantagem se quiser continuar na competição.

A VOLTA

Quarta-feira – 31/07 – 21h30 – Maracanã


ESPN