Justiça determina afastamento do vice-presidente de futebol do Cruzeiro - WSCOM

menu

Esporte

11/07/2019


Justiça determina afastamento do vice-presidente de futebol do Cruzeiro

Itair Machado pode recorrer da decisão à Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Na imagem, o vice-presidente do Cruzeiro Itair Machado

Itair Machado está afastado da diretoria do Cruzeiro. Nesta quarta-feira, o juiz Octávio de Almeida Neves, da 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte, acatou um pedido realizado por um grupo de conselheiros do time mineiro que pedia o afastamento do vice-presidente de futebol da equipe.

 

“Defiro a tutela de evidência recursal e afasto imediatamente o agravado Itair Machado de Souza do cargo de Vice-Presidente de Futebol do Cruzeiro Esporte Clube”, determinou o juiz, atendendo a um pedido realizado em junho por vários conselheiros, incluindo Gilvan de Pinho Tavares, ex-presidente do time mineiro.

 

“Por consequência, o agravado fica impedido de praticar quaisquer atos de gestão inerentes ao cargo de Vice-Presidente de Futebol do Clube e de se valer de qualquer dos poderes outorgados no instrumento de procuração firmado pelo Cruzeiro”, acrescentou.

 

PODE RECORRER

Itair pode recorrer da decisão à Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais composta por três desembargadores, mas um deles é exatamente Almeida Neves, que determinou o seu afastamento.

 

Assim, ele só voltará à vice-presidência de futebol do Cruzeiro se os outros dois desembargadores assim decidirem.

 

ALVOS DE INVESTIGAÇÃO

Além de Itair, o presidente Wagner Pires de Sá e o diretor geral Sergio Nonato são alvo de investigação da Polícia Civil e do Ministério Público de Minas Gerais. Na última terça-feira, inclusive, a residência deles e a sede do clube foram alvo de ações para busca de documentos.

 

Os dirigentes enfrentam acusações de quebrar regras da Fifa e do Profut, o programa do governo federal para renegociação de dívidas. Além disso, há outras ações questionadas, como a concessão de seguidos aumentos salariais a Itair, agora afastado da gestão do clube. As informações são do FI.