João destaca interesse internacional pela PB e anuncia voo direto entre João Pessoa e Lisboa

Outros países vem buscando informações sobre a PB para atrair investidores

Por Ângelo Medeiros / Portal WSCOM

 

O governador João Azevêdo (PSB) revelou na noite desta segunda-feira (19), em entrevista ao programa Conexão Master, da TV Master, que o Governo da Paraíba vem mantendo entendimentos com embaixadas de países como a Inglaterra, a Alemanha, a Espanha, o Reino Unido, Portugal, Japão e China. O objetivo é a colaboração mútua, a fim de proporcionar a chegada de investidores e fundos de investimentos estrangeiros no Estado.

 

De acordo com João Azevêdo, a ação do Governo do Estado junto ao mercado estrangeiro já começa a surtir resultados. Entre as primeiras novidades, está o lançamento de um voo direto do Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa, para Lisboa, capital de Portugal, via empresa aérea TAP Air Portugal.

 

De acordo com João Azevêdo, o acordo que autorizará o início das viagens será firmado até o final deste mês, durante evento que ocorrerá nas terras lusitanas. “Esse voo trará efeito imediato na economia e turismo da nossa região”, frisou o governador.


ESTALEIRO


Outra ação bastante aguardada é a construção de um estaleiro na região do município de Lucena, no Litoral Norte. Segundo João Azevêdo, a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) já liberou as licenças para viabilização e construção do equipamento, que custará cerca de R$ 3 bilhões, oriundos de capital privado estrangeiro. A operação será gerida por um grupo chinês especialista em administração de estaleiros.

 

“Agora em abril, estarei recebendo de um grupo chinês um contrato para operação do estaleiro por 10 anos. Isso garante mais uma etapa desse processo. Estamos entrando na reta final, que é o fechamento da viabilização por parte do capital estrangeiro e privado, que vai ser colocado para fechar o volume total necessário para iniciar a obra. A expectativa é que as obras se iniciem em 2020 e que o estaleiro esteja em operação em no máximo dois anos”, comentou.

 

PROCURA INTERNACIONAL

 

João Azevêdo ainda destacou a abertura de diálogo com vários países nos três primeiros meses de gestão. “Nesses poucos dias de governo eu tive a oportunidade de receber o embaixador da Grã-Bretanha, o cônsul da Inglaterra, a cônsul da Alemanha, vou receber o cônsul Português, vou receber o cônsul e embaixador da Tailândia, e recebi hoje o cônsul japonês”, disse.

 

Segundo governador, a economia equilibrada e os avanços da área de segurança pública têm sido atrativos para o interesse de investidores estrangeiros pelo Estado. “Os países têm solicitado audiência com o Governo do Estado. Os embaixadores querem entender os processos da Paraíba, porque aqui a política de segurança vem dando certo, e a economia está forte, diferentemente dos outros Estados do Brasil, pontuou.

 

E, o governador complementou: “São essas informações que estão sendo levadas aos investidores dos outros países. O mundo está de olho nas potencialidades da Paraíba!”.