menu

Policial

18/07/2019


Homem acusado de causar golpes no valor de R$ 4 milhões em bancos é preso na Paraíba

Imagem ilustrativa/Foto: (arquivo)

 A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (18) um homem acusado de praticar fraudes no valor de R$ 4 milhões na Paraíba. O prejuízo foi praticado por meio de crimes de estelionato e golpes contra bancos.

 A ação foi realizada pela equipe da Delegacia de Crimes Contra Ordem Tributária (Deccor) e teve o apoio do Ministério Público da Paraíba (MPPB). O trabalho faz parte da operação “Falsários “, deflagrada pela Deccor para combater a atuação de empresas criadas com intuito de praticar crimes de sonegação fiscal.

Preso

 O preso foi identificado como Diego André Barreira Fonseca. Segundo o delegado Hector Azevedo, titular da Deccor, o acusado teve a prisão preventiva decretada pela justiça, após investigações comprovarem que ele constituiu diversas empresas utilizando documentos falsos para fraudar a arrecadação estadual.

 O delegado ainda destaca que o preso ainda usou nome falso nos documentos de criação das empresas.

“Em apenas uma das empresas, na qual Diego André Barreira Fonseca é identificado como Diego Barbosa Fonseca, há uma dívida superior a quatro milhões de reais”, afirma Azevedo.

Investigações

As investigações da Polícia Civil ainda comprovaram que as empresas eram utilizadas para a captação de empréstimos bancários e financiamentos, configurando, além das fraudes fiscais, o crime de estelionato.

 O preso foi submetido a exame de corpo de delito e recolhido à carceragem da Polícia Civil, onde permanecerá até ser apresentado ao Poder Judiciário, em audiência de custódia.

Portal WSCOM